Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 20 de outubro de 2020

19/10/2020 - 09h34min

Espaço do Sim

Compartilhar no Facebook

enviar email

Caminho de Santiago em Santo Antônio da Patrulha

Jaime Nestor Müller, 71, é meu escolhido desta semana para ilustrar alguém que vive um Espaço do Sim na sua vida. Nascido e apaixonado por Santo Antônio da Patrulha. Aposentado pelo Banco do Brasil, voluntário em serviços administrativos da Paroquia de Santo Antônio há 27 anos, membro da Defesa Civil, pesquisador com dois livros impressos sobre a história de Santo Antônio da Patrulha. Em 2015, recebeu o título de cidadão emérito de Santo Antônio da Patrulha. Foi patrono da Feira do Livro local em 2019. Colaborador da Folha Patrulhense e da Rádio FM 98,1. Junto com seu amigo Tilton Martins dos Santos conquistou, em 2014, para Santo Antônio, o reconhecimento do cônsul espanhol Dom José Pablo Alzina de Aguilar, para inaugurar em 19 de outubro daquele ano o Caminho Gaúcho de Santiago. Foi uma forma de celebração pelos 800 anos da peregrinação de São Francisco de Assis pelo caminho espanhol. Um desejo do cônsul.

Eu tinha lido uma reportagem em um jornal sobre esta rota, de 19 ou 12 km, organizada pela empresa Elos Travel (51 99349.7945). Fiz contato, me inscrevi e fui fazer a caminhada de 19 km com minha companheira Patrícia Charles. A aventura começa na Igreja, com uma acolhida do padre local, do Jaime Müller e de representante da empresa de turismo. É narrada a história desta caminhada e do Município. O padre abençoa para uma boa jornada, e começa a aventura. Uma van leva até o início da caminhada que tem destino o retorno para a Igreja. O Sr. Jaime acompanha caminhando (já fez 78 vezes este caminho). Inspirando, com seu zelo, cuidados e amor a este trabalho, além de interessantes histórias. A van acompanha fornecendo água, frutas e abrigo se houver necessidade. A trajetória de 19 km é toda demarcada com placas que contêm frases filosóficas de Santo Antônio. Após a chegada de todos, segue um almoço coletivo para confraternização e finalização da rica experiência.

Escolho este tema porque a necessidade de um contato com a natureza é algo muito saudável e curativo. Em especial, neste período de quarentena da Covid-19. E quero contribuir com uma sugestão de atividade para aqueles que desconhecem esta possibilidade aqui perto. Declaro também um desejo que alguém da cidade de Guaíba se inspire neste exemplo do Sr. Jaime e desenvolva um caminho para caminhadas, nesta nossa linda Guaíba, para que ocorra esta integração com a natureza, novas amizades e incremento no turismo local. Pode começar com trajetos menores.

Nestes 6 anos, registraram que 9.976 pessoas participaram desta caminhada com estimada receita de 900 mil reais deixadas na economia local. Turismo é atividade que promove muitas coisas boas. Nestes tempos de conexão imediata, deixo o celular do Jaime Müller para quem desejar fazer contato; (51) 99878.0548. Vão encontrar uma pessoa receptiva, interessada em ajudar os outros e oferecer uma linda experiência de Vida. Grande abraço! Tenham uma boa semana com o Sim no coração.

Joaquim Mello

[email protected]

Publicado em 16/10/20.

Últimas Notícias

Assassinato que matou professora e seu filho, no Bairro Bom Fim, choca a comunidade.

Professora Rosa Jardim, 67, e seu filho Leonardo, 28, foram mortos em casa, em Guaíba, na madrugada desta segunda, 5.

Região de Guaíba se mantém em bandeira laranja no mapa de distanciamento controlado do RS.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados