Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Tera-feira, 27 de junho de 2017

19/06/2017 - 09h12min

Espaço do Sim

Compartilhar no Facebook

enviar email

Lei do Carma ou da Autorresponsabilidade

Uma bacia de água com a superfície espelhada; um objeto cai dentro, no centro, ondas vão até a borda, se chocam e retornam. Pronto. A compreensão disto pode mudar sua vida; pode mudar o País. Simples demais?

A lei da ação e reação que o cientista Isaac Newton decodificou para a humanidade: “A toda ação sempre há uma reação de mesma intensidade e direção, porém sentidos opostos”, associada à fórmula da Teoria da Relatividade de Einstein e = m.c2, que significa - energia é igual a massa vezes velocidade da luz ao quadrado, trazem um significado totalmente revolucionário para nossa vida. Explico. Estamos mais prontos para observar que a onda de agua retorna, mas não nos damos conta que esta lei vale para sentimentos e pensamentos.

Quando Einstein demonstra que a energia tem uma relação direta com a matéria, parece razoável identificar que tanto os sentimentos quanto o pensamento mobilizam energia, então nossos pensamentos e sentimentos receberão de retorno o mesmo tipo de movimento, de energia enviado. O fato deste retorno não ser identificado no plano visível, tridimensional, pode dar a impressão de que a lei não opera nestes outros níveis, mas opera.

Estou me referindo a lei do carma. Por que é tão fundamental sua compreensão? Porque a lei dos homens, os códigos penais, podem nos dar uma falsa impressão de que se as ações que geram desarmonia, sofrimento aos outros não forem identificadas e punidas, ou mesmo se forem corrompidas na sua execução e deixarem o sujeito impune, imune ao retorno da ação, então terá valido a pena transgredir. E sendo assim, fica uma sensação de vantagem, de incentivo para agir de forma que atenda prioritariamente o interesse individual, a despeito do impacto destas ações na vida dos outros.

Ao inverter esta lógica para a responsabilidade pelos próprios atos, para a compreensão que construímos nosso futuro a partir das nossas ações nos planos físico, emocional e mental, estaremos gerando uma sociedade muito melhor para todos, por que evitaremos ações que nos prejudicarão pelo fato de prejudicarem outros.

Assim como é fácil acreditar, experimentar a lei da gravidade, que tal refletir sobre a lei da ação e reação? Nosso destino é o resultado das nossas escolhas. Votos que façamos o nosso melhor!

Joaquim Mello

[email protected]

Publicado em 17/6/2017.

Últimas Notícias

Em Guaíba, celebração de Corpus Christi na tarde desta quinta-feira, 15, com missa às 15h, na Praça Gastão Leão, Centro.

Vereadora cadeirante, Fernanda Garcia (PTB), retorna à Câmara de Guaíba, mas depende de sistema especial, pois não há acessibilidade.

Perigo na Estrada do Conde. A chuva dos últimos dias tornou a via intransitável. Além do risco de acidentes, o prejuízo material é grande.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2017 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados