Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Tera-feira, 25 de junho de 2019

13/05/2019 - 14h14min

Comportamento

Compartilhar no Facebook

enviar email

Obrigada por tudo, Nona!

Costumávamos reunir a família para um almoço festivo no dia primeiro de maio. Durante anos, foi assim que comemoramos os aniversários da nossa Mãe. E como ela gostava!

As fotos destas reuniões anuais contam muito sobre nós, os seus filhos, em diversas etapas de nossas vidas. Mostram parentes e amigos queridos com quem a Mãe gostava de compartilhar bons momentos.

Já festejamos a data na Churrascaria Chama Crioula, o restaurante do Serrinha, como era chamado por causa de seu proprietário. Decoração rústica, ambiente acolhedor. E também fizemos festa em Porto Alegre, em tempos de poucos lugares em Guaíba, no Hannover, no Chinês, no Riversides.

Quando a Mãe completou oitenta anos, decidimos surpreendê-la com uma festa maior, para que Ela reencontrasse familiares e amigos que não via fazia tempo. Foi quando reunimos mais de cem pessoas, na sede da AABB, para um almoço oferecido e preparado por nós. Que festa linda foi aquela, que feliz estava a Mãe naquele primeiro dia do mês de homenagear todas as mães!

Seguimos comemorando o seu aniversário, todos os anos, depois daquele almoço memorável que durou um dia inteiro. Até dois mil e seis, quando Ela completou oitenta e sete anos. Foi sua última festa entre nós. Uma semana depois, como se estivesse apenas esperando a cantoria do “parabéns a você” para se despedir, a Mãe faleceu.

Nos treze anos dessa ausência que ainda aperta nossos agradecidos corações, quando abril se despedia e maio se ajeitava nos calendários, uma tristeza se achegava, ficávamos acabrunhados. No dia do seu aniversário, almoçávamos em casa, com lembranças e saudades acomodadas à mesa.


Neste primeiro de maio de 2019, porém, fizemos diferente. Em vez de levarmos flores em seu túmulo e nos entristecermos diante das novas gerações, optamos por comemorar os cem anos de nascimento da Mãe, que netos e bisnetos carinhosamente chamavam de Nona.

Como costumávamos fazer, festejamos o centenário dela com um bom cardápio italiano. Brindamos à vida, as nossas e as dos nossos antepassados. Uma poesia sobre todas as mães do mundo foi lida; aplaudimos, nos emocionamos.


Feito um antigo jogral escolar apresentado para as famílias, repetimos:

Obrigada por tudo, Nona!

Cristina André

[email protected]

Publicado em 11/5/2019.

Últimas Notícias

Espetacular a exposição de carros antigos que acontece neste domingo no Centro de Guaíba. Evento segue até as 17h.

Tiro na Câmara de Vereadores de Guaíba. Confira na versão impressa.

Secretário de Mobilidade Urbana de Guaíba, Alex de Oliveira, foi demitido depois de seis meses no cargo.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2019 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados