Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 17 de setembro de 2019

08/07/2019 - 15h20min

Polícia

Membro de facção criminosa que atacava agências bancárias é preso em Guaíba

Compartilhar no Facebook

A Polícia Civil, por meio da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, do DEIC, desencadeou, na manhã de terça-feira, 2, a Operação Asfixia no combate aos crimes de roubo a instituição bancária e tentativa de homicídio. Foram cumpridas 23 ordens judiciais, entre mandados de busca e de prisão, nas cidades de Caxias do Sul e Guaíba. O objetivo é desarticular organização criminosa responsável por roubos e furtos com emprego de explosivos a instituições bancárias, em especial, prender membros do grupo investigado pela tentativa de homicídio contra policiais militares ocorrido em meados de 2017 em Arambaré. Cinco pessoas foram presas, documentos e celulares foram apreendidos.

Segundo o delegado João Paulo Abreu, as investigações tiveram início com o atendimento ao local do crime em setembro de 2017, em Arambaré, na Região Costa Doce.

“O fato ocorreu no dia 5 de setembro por volta das 4h da madrugada, contra agência do Banrisul, oportunidade em que criminosos, com uso de explosivos, subtraíram valores depositados em terminais de autoatendimento”, relatou Abreu.

Pelo menos três veículos foram usados pelos indivíduos na ação. Na fuga, trocaram tiros com equipes da Brigada Militar da Região.


Ao longo das investigações, foi possível ratificar, por meio de análises de quebras de sigilo de dados informáticos, a efetiva vinculação de parte dos suspeitos na ação criminosa, razão pela qual a Polícia solicitou ao Poder Judiciário da Comarca de Camaquã o deferimento de medidas cautelares de prisão e de buscas.


“A Operação recebeu o nome de “Asfixia”, fazendo referência à busca incessante da Polícia Civil em desarticular organizações criminosas responsáveis por crimes de roubos e de furtos com emprego de explosivos, por intermédio da ampla responsabilização criminal de seus membros. Alguns integrantes da organização criminosa ainda estão em liberdade, outros presos ou morreram em confrontos ao logo dos anos de 2018 e 2019”, concluiu o delegado.

Sobre os crimes contra as instituições bancárias, envolvendo o emprego de explosivos, a Polícia Civil destaca que, neste ano, até a presente data, foram oito registros (furtos e roubos) com emprego de explosivos. No mesmo período, em 2017, foram 22, e em 2018, 21.

Na manhã de terça-feira, foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão, temporária e preventiva, em Caxias do Sul e Guaíba. Na ação, cinco pessoas foram presas, sendo uma capturada em Caxias do Sul, outra em Guaíba; documentos e celulares foram apreendidos. Três indivíduos do mesmo bando já estavam presos.

“Em Caxias do Sul, foi preso preventivamente um homem de 28 anos com antecedentes por roubo qualificado, receptação, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. O homem, de 37 anos, capturado em Guaíba, foi preso temporariamente, com antecedentes por adulteração de sinal identificador de veículo automotor e receptação”, concluiu o delegado.

Armas e Drogas na Chácara das Paineiras

A Brigada militar de Guaíba segue prendendo criminosos, retirando drogas e armas de circulação.

No domingo, 1º, por volta das 17 horas, o POE do 31º BPM recebeu denúncia de que na Rua Tocantins, Chácara das Paineiras, região central de Guaíba, indivíduos estavam traficando drogas.

Ao chegarem no local, os policiais visualizaram três suspeitos, que foram abordados. Segundo a BM, os indivíduos portavam um revólver Taurus calibre 38, com seis munições; uma pistola calibre 9mm, 19 munições de 9mm; uma mochila com maconha, crack, uma balança digital e aparelhos celulares.

Foi dada voz de prisão aos envolvidos no tráfico, sendo que um deles estava foragido da Justiça. Todos foram levados para a Delegacia de Polícia.

Armados em moto com motor roubado

Por volta das 23 horas do dia 24 de junho, PMs da Brigada Militar de Guaíba visualizaram dois indivíduos com atitudes suspeitas, em uma motocicleta, no Loteamento Ramada, em Guaíba. Os policiais militares abordaram e apreenderam um menor de idade que estava na carona da moto, portando um revólver calibre 32 com seis munições. O condutor foi preso. Na consulta ao sistema da Polícia, foi constatado que o motor era de outra moto que havia sido furtada.



Carro desgovernado no Centro atinge farmácia

O susto foi grande e por sorte não aconteceu uma tragédia. Na manhã de sábado, 29 de junho, o motorista de um Gol teve um mal súbito e perdeu o controle do carro, que descia a Rua Dr. Lauro de Azambuja. O veículo atravessou em alta velocidade a Rua São José, Centro, bateu nas grades de proteção instaladas na esquina e só parou ao bater com violência na parede de uma farmácia (foto). O cruzamento é um dos mais movimentados da Cidade.

Uma testemunha que passava pelo local na hora do acidente, às 10h15, relatou à Gazeta Centro-Sul que por muito pouco o carro não atingiu um homem que se encontrava na calçada exatamente onde aconteceu a colisão.

Apesar da gravidade da batida, o motorista teve apenas ferimentos leves graças ao airbag.


Foto: Divulgação/PC

Publicado em 06/7/2019.


Últimas Notícias

Ex-secretário de Saúde de Guaíba, Itamar Costa, faz desabafo. Confira na versão impressa da Gazeta de sábado, 14.

Nesta quinta-feira, 12, iniciam as atividades culturais dos festejos farroupilhas no Parque Coelhão em Guaíba.

A Câmara Municipal de Guaíba realizou sessão solene na noite de quarta-feira, 11, para homenagear a Imprensa local.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2019 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados