Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

02/01/2020 - 10h30min

Leandro André

Compartilhar no Facebook

enviar email

O que marcou 2019

Mais um ano que se vai e outro que chega nesse roteiro dramático da vida. Que bom que estamos aqui e que vamos em frente.

Neste contexto, separei alguns fatos marcantes do ano que está encerrando, em Guaíba e Região, para relembrarmos e refletirmos. Recomendo, também, a leitura do Editorial desta edição.

Pressão por Cargos

O vereador Arilene Pereira assumiu a Presidência da Câmara Municipal de Guaíba pressionado pelos pares da Casa para chamar o terceiro assessor parlamentar. Resistiu e não chamou.

Postos de Saúde

No início do ano, a Prefeitura de Guaíba anunciou que faria melhorias nos postos de saúde, que estão bem degradados. O ano terminou e não foram realizadas as melhorias. A promessa foi adiada para o próximo ano.

Mineração de Carvão

Uma bomba. Em fevereiro, a Gazeta Centro-Sul trouxe em manchete a intenção da Copelmi de executar um megaprojeto de mineração de carvão mineral na Região. Está em análise pela Fepam o tal projeto, que corresponde a maior mina de carvão mineral a céu aberto do Brasil, em Eldorado do Sul, bem perto. Eu entendo que se isso acontecer será uma tragédia ambiental.

Enquanto no mundo o carvão está deixando de servir como matriz energética por tratar-se de energia suja, querem começar a bagaça por aqui. É de cair os butiás dos bolsos!

A Verdade Sobre o IPTU

A nova planta de valores que passou a servir de base para o cálculo do IPTU, em Guaíba, com respaldo da Justiça, deu o que falar. Casos de aumentos abusivos foram generalizados, gerando polêmica.

Aqui na Gazeta, como sempre acontece, abrimos espaços para o movimento de protesto, mas o caso foi tratado com profissionalismo, de forma racional e não passional, conforme manda a cartilha do jornalismo. Noves fora, no final das contas estávamos certos mais uma vez.

Repensando Guaíba

Diante de ladainhas sem fim e muralhas de conceitos predatórios que sufocam a cidade, sugeri que a Acigua liderasse um movimento para reeditar o Seminário Repensando Guaíba, visando discutir os problemas do Município e tratá-los de forma proativa. Sabe qual foi o retorno que tive da Acigua sobre esta questão? Nenhum.

Um exemplo do quanto a crítica rasa é ruim para a cidade pode-se medir analisando reações em relação ao letreiro instalado no Parque Natural (Sala Verde) “Eu Amo (coração) Guaíba”. A maioria da população gostou e tira fotos no local, mas uma minoria com visão de chaveirinho, confundindo eternamente governo com município, insiste em ridicularizar com animação corrosiva. Se uma cidade é ruim, na verdade, quem é ruim de fato?

Desculpa que irrita

Batemos forte aqui na Gazeta Centro-Sul sobre a necessidade de o Governo Municipal ajudar as escolinhas de futebol para se adaptarem a nova legislação e receberem apoio, recursos públicos. A desculpa de que o Governo não pode fazer repasses devido à legislação e assim lavar as mãos é algo que irrita.



O Futuro Prefeito

Na edição do dia 13 de abril, escrevi uma coluna com o título: “Quem será o futuro prefeito de Guaíba?”. Durante a reflexão sobre o tema, questionei a atuação da oposição.

Recadastramento Biométrico

Em abril, a Gazeta Centro-Sul trouxe matéria de capa alertando sobre a fraca participação dos eleitores no recadastramento biométrico.

Nas eleições de 2020, quem não tiver feito o recadastramento (prazo se encerra em março) não poderá votar. E, pelo jeito, o número de eleitores que não estará apto a votar será bem grande. Estou calculando em mais de dez mil somente aqui na Aldeia.

Cultura da Tapeação

Abordei aqui na Coluna sobre a quantidade de obras públicas malfeitas na Aldeia, além da esculhambação da fiação nos postes, devido à falta de fiscalização da CEEE em conjunto com a Prefeitura, e das obras mal acabadas da Corsan. A cultura do desleixo e da gambiarra nos aproxima da Casa da Mãe Joana.

Usina de Asfalto

A Prefeitura de Camaquã começou a preparar a implantação de uma usina municipal de asfalto. Se funcionar, poderá servir de modelo na Região.

Oposição Tóxica

O projeto de lei que autorizou a cedência de terreno para ampliação da empresa Atacado Negrão foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Guaíba. No entanto, parte da oposição, apesar de ter votado a favor, valeu-se de erros formais do projeto para denunciar ao MP. O resultado da manobra sorrateira foi a desistência da ampliação por parte do empresário e, consequentemente, a perda de aproximadamente 120 empregos diretos em Guaíba. Registrei a manobra aqui na Coluna como atitude de “oposição tóxica”.



Controle Social

Destaque especial para o trabalho do Observatório Social de Guaíba, que segue fiscalizando as contas públicas com isenção partidária. Isso é muito importante, muito.



O Caso Renan

O Tribunal de Justiça trancou o processo contra o ex-vereador de Guaíba Renan Pereira. Segundo os desembargadores da Quarta Câmara, o MP não apresentou indícios mínimos de autoria dos fatos.


Com a decisão da Justiça, Renan disse que está provando que foi vítima de sensacionalismo e não descartou a possibilidade de concorrer a prefeito de Guaíba. A decisão judicial e a declaração do ex-vereador geraram frisson nos bastidores políticos da Aldeia.

O ex-secretário de Saúde, Itamar Costa, também fez desabafo na Gazeta. Disse que foi demitido em uma padaria. Itamar ressaltou que até o momento nada foi provado contra ele, seguindo na linha do Renan.

CT do Inter

Andou bastante o processo de implantação de um grande Centro de Treinamento do Inter em Guaíba. Licenças foram emitidas e a doação do terreno foi legalizada.

Eleição para o Conselho Tutelar

Segundo o Comdica, três candidatos eleitos para o Conselho Tutelar de Guaíba e um suplente cometeram irregularidades e tiveram suas candidaturas cassadas. Todos conheciam bem as regras. Lamentável.

MP e a Comunidade

O Ministério Público de Guaíba termina o ano mais próximo da comunidade. Foi criada a Rede Ambiental do Município.

Reflexões

Durante as reflexões que provoquei aqui na Coluna durante o ano, destaque para a necessidade da Câmara Municipal de Guaíba evoluir, promovendo grandes debates; a questão da maternidade; diferenças e semelhanças entre os governos Lula e Bolsonaro; turismo, beleza e feiura em Guaíba; jornalismo profissional em combate às fake news; o erro em não aplaudir o Hino Nacional; o eterno tapa-buracos, caro e inútil; a importância dos ecopontos; obras paradas das creches municipais; número de CCs na Câmara; Município não pode ser confundido com governo; a importância da Educação Ambiental; a ilusão da política partidária; a qualidade do ar em Guaíba; o PA usado como hospital; a realidade das ruas e calçadas da Aldeia; e sobre as emendas parlamentares impositivas, entre outras.



Trabalhos Sociais

Destaques do ano para os trabalhos sociais realizados em Guaíba. Ações para aplaudir de pé!

Projari; Banco de Alimentos; APAE; Lar Irmã Esther; Rotary; Casa da Amizade; Lions (doações de óculos aos estudantes carentes); Assembleia de Deus; Igreja Nossa Senhora do Livramento; Projeto SuperAção; Arrecadadores de Sorrisos; Vagalumes da Esperança; e Grupo Anjos sem Asas.

Promessas para 2020

O Governo Municipal de Guaíba prometeu realizar em 2020 e eu anotei para cobrar: colocar o hospital em operação; reformar os postos de saúde e o Ginásio Coelhão; asfaltar as vias mais importantes da cidade e criar duas perimetrais.

A CMPC, por meio de um TAC, anunciou a revitalização da Orla na Zona Sul do Município.

O Governo do Estado prometeu inaugurar a nova DP de Guaíba e implantar o cercamento eletrônico da cidade.

O Inter prometeu um Centro de Treinamento de ponta, com hotel e instalações modernas.

Tudo anotado numa mesinha ao lado da cadeira do papai.



Boa Notícia

No apagar das luzes deste 2019, uma boa notícia: a Associação responsável pela operação do Complexo Hospitalar de Guaíba abriu inscrições para começar a contratar. Ver página 4 desta edição.



Leandro André

[email protected]

Publicado em 28/12/2019.

Últimas Notícias

Abacaxi derruba diretor municipal em Guaíba. Confira na Coluna impressa de Leandro André.

Guaíba. Motorista de aplicativo, Rafael da Silva, 31, desapareceu no dia 6. Seu carro foi encontrado queimado sábado, 8, no Mathias.

Público das tradicionais Festas de Iemanjá reduz bastante em Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados