Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 20 de outubro de 2020

15/10/2020 - 09h12min

Como Guaíba chega aos 94 anos

Compartilhar no Facebook

Guaíba completa 94 anos de emancipação política na quarta-feira, 14 de outubro, destacando-se entre as maiores economias do Rio Grande do Sul, avançando nos setores imobiliário, industrial e turístico.

O Município está localizado na Região Metropolitana de Porto Alegre, com área de 376,973 km²; possui cerca de 100 mil habitantes, sendo que aproximadamente 98% da população vivem na área urbana (foto).

Em 2020, Guaíba ocupa a 12ª posição no ranking do Índice de Participação dos Municípios (IPM) entre as 497 cidades do Estado do Rio Grande do Sul. A previsão para 2021 é de ocupar a 10ª posição.

Retrato Atual

No setor educacional, em 2020, existem escolas de Ensino Fundamental e Médio (públicas) em todas as regiões da Cidade. Escolas particulares estão localizadas na área central. Há quatro unidades de universidades privadas: Ulbra; Uniasselvi; Unopar; e Uninter. Uma pública: Uergs. Na Educação Infantil, o Governo Municipal atende parcialmente a demanda e está construindo duas novas creches, cujas obras se arrastam.

Em relação ao atendimento de Saúde, Guaíba tem a responsabilidade da atenção básica, com oito postos espalhados pelo Município. Em julho deste ano, foi inaugurado o Hospital Berço Farroupilha, que nesta primeira fase está atendendo exclusivamente pacientes com Covid-19.

O governador Eduardo Leite prometeu manter a contratualização da Instituição para mantê-la como Hospital Regional, com maternidade, após a pandemia da Covid-19.

A mobilidade urbana segue como um dos maiores problemas da Cidade, devido à degradação do sistema viário, cuja pavimentação é muito antiga. A Prefeitura iniciou a construção de duas perimetrais a fim de desafogar o trânsito da Cidade, bem como facilitar o acesso para a área central.

Existe uma Zona Industrial Mista, com área de aproximadamente oitocentos hectares, pertencente ao Estado. A ocupação é muito lenta, devido à falta de infraestrutura.

Na Segurança Pública, o tráfico e o uso de drogas são as principais causas dos índices de criminalidade. A Polícia Civil e a Brigada Militar realizam ações permanentes de combate ao crime no Município.

Logística e Futuro

Há uma expectativa de desenvolvimento acelerado para a próxima década, considerando a boa logística da Cidade, situada entre duas BRs (116 e 290), distante cerca de 30 km da Capital e do Aeroporto Internacional Salgado Filho, bem como a grande possibilidade de contar com o sistema de cabotagem.

O Plano Diretor (PD) está sendo ajustado, visando adequar as regras de ocupação do solo de acordo com a realidade, juntamente com o Plano de Mobilidade Urbana recém criado. A conclusão do PD, prevista para este ano, atrasou devido à pandemia, considerando ser necessário a realização de audiências públicas. De acordo com a Prefeitura, a expectativa é de que seja analisado e aprovado pela Câmara Municipal no primeiro semestre de 2021.

Guaíba é um dos onze municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre que firmaram uma PPP com a Corsan para ampliação do tratamento de esgoto. Conforme foi anunciado pela Companhia estatal, com a execução do projeto, em até dez anos, 87% do esgoto de Guaíba será tratado.

Números do Município

• PIB: R$ 5.629.241.990,00 – Ano 2017

Fonte: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rs/guaiba/pesquisa/38/0

• PIB per capita: R$ 56.669,84 – Ano 2017

Fonte: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/rs/guaiba.html

Ranking no Estado do RS

Em relação ao IPM (Índice de Participação dos Municípios), que se refere ao retorno de ICMS, Guaíba ocupa, em 2020, a 12ª posição entre os 497 municípios do Rio Grande do Sul. A previsão para 2021 é de ocupar a 10ª posição no ranking do Estado.

Orçamento Total de 2020

• Prefeitura: R$ 264.309.689,80

• Câmara de Vereadores: R$ 13.260.000,00

• RPPS (Previdência Social – Guaibaprev): R$ 99.840.000,00

Receitas Próprias 2020

Dados da Arrecadação até

30 de Agosto de 2020

• ISSQN: R$ 10.361.515,00

• IPTU: R$ 6.514.732,88

• ITBI: R$ 1.490.142,48

As Dez Maiores

Empresas de Guaíba

Constam, na listagem a seguir, as dez maiores empresas de Guaíba referentes à participação no VAF (Valor Adicionado Fiscal) no ano de 2019. O VAF corresponde a 75% na formação do IPM. O VAF é calculado pela diferença entre as saídas (vendas) e as entradas (compras) de mercadorias e serviços em todas as empresas localizadas no Município.

Outras variáveis que compõem o IPM e seus pesos correspondentes são: população (7%); área (7%); número de propriedades rurais (5%); produtividade primária (3,5%); inverso do valor adicionado per capita (2%); e pontuação no Programa de Integração Tributária (PIT) (0,5%).

1) CMPC Celulose Riograndense

2) Toyota do Brasil

3) Ferragens Negrão

4) Celupa Ind. Celulose e Papel Guaíba

5) Thyssenkrupp Elevadores

6) Ambientaly

7) Inbrape

8) Sulina Comércio de Óleos

9) Melhoramentos CMPC

10) Santher Fábrica de Papel

Divisão do Valor Adicionado por Segmento Econômico

• Indústria: 79,26%

• Empresas com sede em outros municípios que atuam em Guaíba (exemplo: empresas de telefonia): 9,78%

• Comércio: 8,61%

• Serviços: 2,35 %

Fonte dos Números: Secretaria

Municipal da Fazenda

Foto: LA/Gazeta

Publicado em 09/10/20.


Últimas Notícias

Assassinato que matou professora e seu filho, no Bairro Bom Fim, choca a comunidade.

Professora Rosa Jardim, 67, e seu filho Leonardo, 28, foram mortos em casa, em Guaíba, na madrugada desta segunda, 5.

Região de Guaíba se mantém em bandeira laranja no mapa de distanciamento controlado do RS.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados