Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Segunda-feira, 25 de maio de 2020

17/05/2020 - 19h41min

Operação da Civil ataca facções criminosas em Guaíba

Compartilhar no Facebook

Foram seis meses de investigações que resultaram em ordens judiciais cumpridas pela Polícia Civil nas cidades de Guaíba e São Leopoldo.

A Operação Mashindano (disputa) foi realizada nas primeiras horas da manhã de terça-feira, 12, coordenada pela DP de Guaíba, para terminar com uma guerra entre facções criminosas de narcotraficantes, que resultou em três homicídios por meio de execuções violentas e sete tentativas de homicídio.


De acordo com a Polícia, as investigações iniciaram no mês de outubro de 2019, quando um dos cabeças do narcotráfico, na Região Metropolitana de Porto Alegre, obteve liberdade com tornozeleira eletrônica, iniciando conflitos violentos por disputa de território.


A Polícia Civil ressaltou que o líder de parte de uma facção possui longa ficha criminal, sendo investigado por ordenar dezenas de execuções de rivais. Ele entrou em conflito com um bando que atuava em Guaíba, intitulado “Gangue dos Batatas”.


A Operação contou com 130 agentes policiais do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), das 1ª, 2ª e 3ª DPRM e DPRPA, apoio aéreo da Polícia Civil, Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), dois bombeiros e três cães farejadores do CEBS e, ainda, 39 viaturas. Foram cumpridas 34 ordens judiciais executadas nas cidades de Guaíba e São Leopoldo, sendo 25 mandados de busca e apreensão, sete prisões preventivas e dois mandados de internação de adolescentes infratores.


Seis suspeitos foram presos preventivamente e um em flagrante. Foram apreendidos revólver, munição, celulares, sistema de videomonitoramento, drogas.



Redução da Violência

A delegada Karoline Calegari, titular da DP de Guaíba, ressaltou que “investigações como esta, articulada para elucidar uma sequência de crimes contra a vida e prender os responsáveis, contribui para salvaguardar toda a ordem pública”. A delegada também destacou que a cidade de Guaíba tem sistematicamente reduzido índices de violência, sendo que a taxa de homicídios caiu 44% nos últimos 12 meses; 50% de janeiro a abril, em comparação com o mesmo período do ano passado; e 46% nos últimos seis meses.


O diretor da Segunda Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, destacou a Operação como “forte ação contra os homicídios e o tráfico de drogas na Região Metropolitana”.



Três Presos por Tráfico no Bairro Colina

Policiais civis da DP de Guaíba prenderam, no dia 7 de maio, uma mulher e dois homens por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.


Em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela primeira Vara Criminal de Guaíba, os agentes visualizaram um dos investigados preparando a droga para venda, e o outro investigado nas proximidades, dando apoio e cuidando o ponto de vendas.


Em cima de um fogão à lenha, havia substâncias com características de crack, cocaína e maconha, além de plástico para embalar o material, uma faca e duas balanças de precisão.


Durante as diligências investigativas, os policiais apreenderam, na casa de um dos investigados, um revólver Magnum .44, com munição compatível, arma de uso restrito. No local, a companheira dele foi autuada também pela posse dessa arma, que estava embaixo do colchão da cama do casal. Ainda foram apreendidos celulares e quase mil reais em dinheiro.


De acordo com a Polícia, os três foram autuados em flagrante e encaminhados ao Presídio, ficando à disposição da Justiça.



31º Batalhão de Polícia Militar comemora 23 anos

Em 12 de maio de 1997, foi instalada a 5ª Companhia Independente em Guaíba, na época subordinada ao 15º Batalhão de Polícia Militar (Canoas), atendendo as cidades de Guaíba (sede), Barra do Ribeiro, Sertão Santana, Eldorado do Sul e Mariana Pimentel. Sendo posteriormente chamado de Destacamento Especial de Guaíba.


No dia 21 de agosto de 2002, após a mudança organizacional na Brigada Militar, o Destacamento passou a denominar-se de 31º Batalhão de Polícia Militar, atualmente localizado na Rua Noé Pinhatti, 18, Centro de Guaíba.


Além da cidade-sede, o 31º BPM é responsável pelo policiamento ostensivo dos municípios de Barra do Ribeiro, Sertão Santana, Eldorado do Sul e Mariana Pimentel, atendendo um total aproximado de 160 mil pessoas em uma área de 2.205,26 km².


Na terça-feira, 12, quando o 31º BPM completou seus 23 anos de existência, o Comando agradeceu toda a comunidade pela parceria, compreensão e o acolhimento da tropa, reafirmando a missão de proteger a sociedade, contribuindo para a qualidade de vida e o desenvolvimento dos cinco municípios aos quais serve.



DP Especializada de Camaquã no Combate ao Abigeato

Agentes da Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Camaquã, com apoio da 29ª DPRI e da Inspetoria Veterinária, realizaram, no dia 8 de maio, mais uma vistoria em propriedade rural no interior da Região; desta vez, no município de Canguçu.


A ação faz parte da Operação Reculuta, deflagrada no dia anterior. A Decrab/Camaquã tinha conhecimento de que o local era utilizado por um dos investigados para esconder gado sem procedência, provavelmente objeto de abigeato. Em ação conjunta com a Inspetoria Veterinária, os animais foram rebanhados e averiguados individualmente, resultando em 13 reses apreendidas com seis marcas diferentes.



Grave Acidente de Trânsito

No final da manhã de segunda-feira, 11, aconteceu um grave acidente de trânsito no acesso ao Bairro São Jorge, Zona Sul de Guaíba, envolvendo um Vectra preto e um ônibus da Expresso Assur. O choque foi tão forte que arrancou o tanque de combustíveis do veículo.


Por envolver feridos, a ocorrência foi assumida pela Brigada Militar. Os agentes de trânsito da Prefeitura isolaram a via para os bombeiros colocarem areia sobre o óleo diesel que vazou na pista.


O motorista do Vectra foi conduzido gravemente ferido ao hospital.

Foto: Divulgação

Publicado em 15/5/20.


Últimas Notícias

Unidades do Super Paulinho, interditadas na quarta, 20, pela Vigilância em Saúde, foram liberadas neste sábado, 23.

Registrada a primeira morte por Covid-19 de um morador de Guaíba na noite desta quinta-feira, 14.

Na noite de quarta-feira, 13, foram confirmados 22 casos de Covid-19 em Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados