Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 29 de setembro de 2020

04/02/2019 - 15h55min

Ladrões voltam a levar dinheiro do Banco do Brasil pela parede

Compartilhar no Facebook

Na madrugada do domingo, 27 de janeiro, a Brigada Militar foi acionada para averiguar denúncia de um arrombamento em andamento na agência do Banco do Brasil, localizada no Centro de Guaíba.

Ao chegarem no local, os PMs encontraram um buraco na parede com aproximadamente 50cm (foto), com cédulas de dinheiro no chão e uma bolsa preta com ferramentas, nos fundos do prédio, onde os indivíduos tiveram acesso ao interior da agência. Não havia mais ninguém no local.

Segundo a BM, dentro da agência, os ladrões montaram um túnel de papelão para não serem detectados pelos sensores de presença. O túnel chegou até a porta do cofre, que foi cortado com uso de maçarico.

Os bandidos entraram e saíram por uma residência desabitada, em reforma, que faz fundos com a agência bancária. De acordo com uma testemunha (vigilante de um estabelecimento comercial próximo), foram vistos dois indivíduos saindo da casa em reforma e entrando em um Astra de cor escura, fugindo em disparada. Não foi revelada a quantia levada do cofre do Banco.

Outro Caso

Caso semelhante aconteceu em março de 2018, na mesma agência do BB de Guaíba, quando os ladrões entraram por meio de um buraco aberto na parede lateral do prédio, durante a madrugada, cortaram o cofre com uso de maçarico e levaram o dinheiro. Até o fechamento desta edição, ninguém havia sido identificado e preso.


Operação Metal fiscaliza estabelecimentos comerciais

A Polícia Civil, através da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio das Concessionárias e os Serviços Delegados (DRCP), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), efetuou ação de fiscalização em oito estabelecimentos comerciais na Região Carbonífera, na quinta-feira, 31, envolvendo o comércio de metais nos municípios de Minas do Leão, Butiá, Arroio dos Ratos, São Jerônimo e Eldorado do Sul.

De acordo com a Polícia Civil, a atividade faz parte da Operação Metal, que visa combater a receptação de fios, cabos de cobre e baterias estacionárias, especialmente utilizados por empresas de telefonia. Os policiais da Especializada, juntamente com técnicos das empresas concessionárias de serviço público, diligenciaram em estabelecimentos comerciais, buscando averiguar suspeita de receptação de cabos de telefonia na Região.


Os proprietários dos estabelecimentos vistoriados não possuíam nenhuma irregularidade, sendo que os mesmos elogiaram a ação, visto que combatem o comércio ilegal de baterias e metais, os quais geram uma concorrência desleal.


O delegado de Polícia Luciano Dias Peringer, responsável pela Operação, ressaltou que a DRCP irá intensificar o combate aos receptadores destes materiais, visto que os mesmos acarretam imenso prejuízo às empresas vítimas, bem como para toda a sociedade que fica desamparada de serviços essenciais.


Mulheres são presas em flagrante durante operação em Camaquã

A Polícia Civil de Camaquã deflagrou uma operação, visando o combate ao tráfico de drogas, na tarde de quarta-feira, 30. Durante a ação, duas mulheres foram presas em flagrante por tráfico de drogas. Com as duas, que foram presas em pontos diferentes, foram apreendidas drogas (maconha, cocaína e crack), dinheiro, simulacros de arma, uma câmera de monitoramento e telefones celulares.

Antes da abordagem da Polícia, uma das presas escondeu as drogas com um adolescente de 15 anos e vai responder por corrupção de menores.


Levavam carro roubado, mas um acabou preso

Na manhã do dia 26 de janeiro (sábado), policiais militares da Operação Golfinho se deslocaram para o viaduto no acesso a Barra do Ribeiro, na BR 116, para verificarem a denúncia de um veículo furtado em Tapes se deslocando para Barra do Ribeiro.

A guarnição visualizou o veículo, um Fiat Palio, de cor branca, com placas de São Leopoldo (RS), e passou a acompanhar o carro até a Rua Beira Rio, Bairro Sol Nascente, em Eldorado do Sul, onde dois indivíduos desceram do veículo e fugiram para um matagal, efetuando disparos de arma de fogo contra a guarnição, conforme relato da BM. Os policiais conseguiram prender R.K., com passagens pela Polícia por furto a residência, furto de veículos e posse de drogas. O outro