Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Sexta-feira, 25 de junho de 2021

07/06/2021 - 10h53min

Quase 70 pássaros silvestres são resgatados em Guaíba

Compartilhar no Facebook

A Delegacia de Polícia de Guaíba, sob a coordenação da delegada Karoline Calegari, com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, apreendeu 67 pássaros silvestres de diversas espécies, inclusive uma em extinção (cardeal amarelo), os quais estavam engaiolados em residência do Bairro Vila Nova (foto).


Dois homens foram conduzidos até a Delegacia e responderão por crime contra a fauna e por maus tratos contra animais, já que as gaiolas estavam em condições inadequadas.


Os animais foram levados para o Ibama, que fará a triagem dos pássaros, separando os que têm condições de serem soltos na natureza e os que necessitarão de reabilitação antes da soltura.


De acordo com a Delegada Karoline, a Delegacia de Polícia de Guaíba e a Prefeitura/Secretaria de Meio Ambiente estão verificando denúncias de caça predatória e de maus tratos contra animais.



Abuso Infantil em Guaíba


A Câmara Municipal de Guaíba está empenhada para que seja criado um Centro de Referência de Atendimento Infanto-Juvenil no Município, devido ao elevado número de casos de violência contra menores de idade. De acordo com estatística do Observatório Estadual de Segurança Pública, Guaíba está entre as 15 cidades do RS com maior número de registros de abuso infantil.


Por meio de requerimento, a Câmara de Vereadores solicitou à Secretaria Municipal de Assistência Social informações sobre ações envolvendo crianças e adolescentes, com cópias para o Conselho Tutelar, Comdica, Ministério Público do Rio Grande do Sul, Secretaria de Segurança Pública do RS, Chefia da Polícia Civil do Estado, Delegacia de Polícia de Guaíba e Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa do RS.


Com base nas informações que receber, a Câmara de Vereadores, o Executivo Municipal, o Conselho Tutelar, o Comdica, a Delegacia de Polícia local e o Ministério Público deverão trabalhar em conjunto para criar ações corretivas e preventivas, visando reduzir os casos de abusos na Cidade.


Entre as maiores dificuldades apresentadas pelo Conselho Tutelar e pela Delegacia de Polícia, está a falta a de um Centro de Referência de Atendimento Infanto-Juvenil, bem como uma Delegacia especializada no combate aos crimes contra crianças e adolescentes em Guaíba.


Conforme relatos dos conselheiros tutelares, em reunião realizada no dia 28 de maio, atualmente, nos casos que necessitam de perícia, os menores têm que ser levados para a cidade de Canoas a fim de realizarem os procedimentos, deixando Guaíba sem o veículo do Conselho para atendimentos de outras ocorrências.



Três Presos por Violência Doméstica


Nessa semana, agentes da DP de Guaíba prenderam três homens suspeitos de violência doméstica no Município. Um deles, com antecedentes por tráfico de drogas, associação ao tráfico, porte de arma de fogo e incêndio criminoso, foi preso por ameaçar a ex-companheira e descumprir medidas protetivas concedidas.


Outro investigado já havia sido preso por descumprir medidas protetivas contra a sua ex-companheira. Ele havia sido solto e voltou a ameaçar a mulher, tendo novamente sua prisão preventiva decretada pelo Poder Judiciário.


O terceiro indivíduo foi acusado de violência doméstica no Estado de Santa Catarina, tendo sido preso em Guaíba.


De acordo com a delegada Karoline Calegari, titular da DP local, a violência contra mulheres deve ser severamente coibida, especialmente levando-se em conta que Guaíba está em 17º lugar no ranking de casos de violência doméstica contra mulheres no RS, exigindo atuação enérgica do poder público.


Os presos foram encaminhados ao sistema carcerário.



Mulheres Traficantes


Policiais da DP de Guaíba prenderam, nessa semana, duas mulheres por tráfico de drogas no Município. Uma delas foi presa preventivamente, e a outra, em cumprimento à sentença penal condenatória.


Segundo a delegada Karoline Calegari, tem sido cada vez mais comum a utilização de mulheres para o tráfico, em razão de haver certa expectativa de que elas sejam postas em liberdade mais rapidamente, o que torna necessária uma efetiva repressão.


Para o delegado Thiago Lacerda, que responde pela 2ª DPRM, o narcotráfico é um dos principais fomentadores da criminalidade, razão pela qual deve ser combatido diuturnamente.


A Operação Desgarrados, que é permanente na DP de Guaíba, visa recapturar foragidos. As presas foram encaminhadas ao sistema carcerário.



Polícia Civil recupera gaita furtada há cinco anos


A Delegacia de Polícia de Guaíba, em parceria com a Primeira Delegacia de Polícia de Passo Fundo, recuperou uma gaita Todeschini 120 Artist, furtada há cinco anos do músico tradicionalista Alemãozinho da Cordeona.


De acordo com a Polícia, em 2016, o músico estava se apresentando no Rodeio Internacional de Vacaria quando teve sua gaita furtada. Além do valor financeiro do instrumento, que girava em torno de R$ 7 mil, ele pertencia ao músico havia 50 anos, sendo sua ferramenta de trabalho, com importante valor sentimental.


Um amigo da vítima viu uma pessoa exibir a gaita nas redes sociais, ocasião em que o músico confirmou que se tratava da sua, identificada a partir de detalhes e características específicas do instrumento.


Alemãozinho da Cordeona procurou a Delegacia de Polícia de Guaíba que, em diligências conjuntas com a primeira Delegacia de Passo Fundo, identificou o indivíduo que estava de posse da gaita e recuperou o instrumento naquela cidade.


A pessoa que estava de posse do instrumento não tinha antecedentes policiais e disse que havia adquirido o bem em outro Estado. A gaita foi devolvida ao músico.




Foto: Divulgação/PC

Publicado em 3/6/21.


Últimas Notícias

A Gazeta Centro-Sul irá colocar no ar seu novo site em junho.

Pacote do IPTU pode conceder desconto de até 35% em Guaíba.

Falta de médicos é frequente no Hospital Regional de Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2021 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados