Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Sábado, 24 de julho de 2021

15/10/2020 - 09h12min

Como Guaíba chega aos 94 anos

Compartilhar no Facebook

Guaíba completa 94 anos de emancipação política na quarta-feira, 14 de outubro, destacando-se entre as maiores economias do Rio Grande do Sul, avançando nos setores imobiliário, industrial e turístico.

O Município está localizado na Região Metropolitana de Porto Alegre, com área de 376,973 km²; possui cerca de 100 mil habitantes, sendo que aproximadamente 98% da população vivem na área urbana (foto).

Em 2020, Guaíba ocupa a 12ª posição no ranking do Índice de Participação dos Municípios (IPM) entre as 497 cidades do Estado do Rio Grande do Sul. A previsão para 2021 é de ocupar a 10ª posição.

Retrato Atual

No setor educacional, em 2020, existem escolas de Ensino Fundamental e Médio (públicas) em todas as regiões da Cidade. Escolas particulares estão localizadas na área central. Há quatro unidades de universidades privadas: Ulbra; Uniasselvi; Unopar; e Uninter. Uma pública: Uergs. Na Educação Infantil, o Governo Municipal atende parcialmente a demanda e está construindo duas novas creches, cujas obras se arrastam.

Em relação ao atendimento de Saúde, Guaíba tem a responsabilidade da atenção básica, com oito postos espalhados pelo Município. Em julho deste ano, foi inaugurado o Hospital Berço Farroupilha, que nesta primeira fase está atendendo exclusivamente pacientes com Covid-19.

O governador Eduardo Leite prometeu manter a contratualização da Instituição para mantê-la como Hospital Regional, com maternidade, após a pandemia da Covid-19.

A mobilidade urbana segue como um dos maiores problemas da Cidade, devido à degradação do sistema viário, cuja pavimentação é muito antiga. A Prefeitura iniciou a construção de duas perimetrais a fim de desafogar o trânsito da Cidade, bem como facilitar o acesso para a área central.

Existe uma Zona Industrial Mista, com área de aproximadamente oitocentos hectares, pertencente ao Estado. A ocupação é muito lenta, devido à falta de infraestrutura.

Na Segurança Pública, o tráfico e o uso de drogas são as principais causas dos índices de criminalidade. A Polícia Civil e a Brigada Militar realizam ações permanentes de combate ao crime no Município.

Logística e Futuro

Há uma expectativa de desenvolvimento acelerado para a próxima década, considerando a boa logística da Cidade, situada entre duas BRs (116 e 290), distante cerca de 30 km da Capital e do Aeroporto Internacional Salgado Filho, bem como a grande possibilidade de contar com o sistema de cabotagem.

O Plano Diretor (PD) está sendo ajustado, visando adequar as regras de ocupação do solo de acordo com a realidade, juntamente com o Plano de Mobilidade Urbana recém criado. A conclusão do PD, prevista para este ano, atrasou devido à pandemia, considerando ser necessário a realização de audiências públicas. De acordo com a Prefeitura, a expectativa é de que seja analisado e aprovado pela Câmara Municipal no primeiro semestre de 2021.

Guaíba é um dos onze municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre que firmaram uma PPP com a Corsan para ampliação do tratamento de esgoto. Conforme foi anunciado pela Companhia estatal, com a execução do projeto, em até dez anos, 87% do esgoto de Guaíba será tratado.

Números do Município

• PIB: R$ 5.629.241.990,00 – Ano 2017

Fonte: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rs/guaiba/pesquisa/38/0

• PIB per capita: R$ 56.669,84 – Ano 2017

Fonte: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/rs/guaiba.html

Ranking no Estado do RS

Em relação ao IPM (Índice de Participação dos Municípios), que se refere ao retorno de ICMS, Guaíba ocupa, em 2020, a 12ª posição entre os 497 municípios do Rio Grande do Sul. A previsão para 2021 é de ocupar a 10ª posição no ranking do Estado.

Orçamento Total de 2020

• Prefeitura: R$ 264.309.689,80

• Câmara de Vereadores: R$ 13.260.000,00

• RPPS (Previdência Social – Guaibaprev): R$ 99.840.000,00

Receitas Próprias 2020

Dados da Arrecadação até

30 de Agosto de 2020

• ISSQN: R$ 10.361.515,00

• IPTU: R$ 6.514.732,88

• ITBI: R$ 1.490.142,48

As Dez Maiores

Empresas de Guaíba

Constam, na listagem a seguir, as dez maiores empresas de Guaíba referentes à participação no VAF (Valor Adicionado Fiscal) no ano de 2019. O VAF corresponde a 75% na formação do IPM. O VAF é calculado pela diferença entre as saídas (vendas) e as entradas (compras) de mercadorias e serviços em todas as empresas localizadas no Município.

Outras variáveis que compõem o IPM e seus pesos correspondentes são: população (7%); área (7%); número de propriedades rurais (5%); produtividade primária (3,5%); inverso do valor adicionado per capita (2%); e pontuação no Programa de Integração Tributária (PIT) (0,5%).

1) CMPC Celulose Riograndense

2) Toyota do Brasil

3) Ferragens Negrão

4) Celupa Ind. Celulose e Papel Guaíba

5) Thyssenkrupp Elevadores

6) Ambientaly

7) Inbrape

8) Sulina Comércio de Óleos

9) Melhoramentos CMPC

10) Santher Fábrica de Papel

Divisão do Valor Adicionado por Segmento Econômico

• Indústria: 79,26%

• Empresas com sede em outros municípios que atuam em Guaíba (exemplo: empresas de telefonia): 9,78%

• Comércio: 8,61%

• Serviços: 2,35 %

Fonte dos Números: Secretaria

Municipal da Fazenda

Foto: LA/Gazeta

Publicado em 09/10/20.


Últimas Notícias

Incêndio destrói prédio da Segurança Pública em Porto Alegre na noite de quarta-feira, 14.

Contaminação do coronavírus está em queda na Região. Ver gráfico na edição impressa.

Na edição impressa desta sexta, 9, entrevista com o prefeito Marcelo Maranata.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2021 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados