Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Quinta-feira, 01 de outubro de 2020

31/01/2020 - 15h16min

Reclamações

Reclamações contra a CEEE em Guaíba

Compartilhar no Facebook

São constantes as reclamações contra os serviços da CEEE em Guaíba que chegam à Redação do Jornal todas as semanas.

Moradora da Rua Flores da Cunha, Bairro Vila Elza, reclama que ficou sem luz no dia 27 de janeiro, por volta das 17 horas, devido à explosão de um transformador instalado na Rua João Batista Luzardo. A cliente disse que ligou várias vezes para a CEEE até que uma equipe foi encaminhada ao local às 23h30, detectou o problema e foi embora sem resolvê-lo. Ela contou que ficou mais de um dia sem energia elétrica.

A leitora ressaltou, ainda, que ligou para a Secretaria de Obras do Município e foi muito mal atendida.

Cortes Constantes

Diversos leitores que moram na área central de Guaíba reclamaram dos diversos cortes curtos de energia elétrica durante a terça-feira, 28 de janeiro.

Vereadores cobram providências

O presidente da Câmara Municipal de Guaíba, vereador Campeão Vargas (PTB), em companhia do vereador Arilene Pereira (PTB) e de cidadãos dos bairros Jardim dos Lagos, compareceram na sede da CEEE em Guaíba para solicitar informações e providências acerca do problema da falta de energia em diversos bairros da Cidade.

Os vereadores ponderam que, apesar dos temporais, não há justificativa aceitável para o tamanho da demora no restabelecimento do serviço.

Os parlamentares alertam, que Guaíba sofre com os temporais porque a fiscalização dos emaranhados de fios é deficiente, sendo que mais de 70% dos postes são de madeira e a poda de árvores não é feita de maneira suficiente.

“Temos aprovada a Lei nº 3.711/2018, que dispõe sobre o alinhamento e a retirada de fios em desuso, obrigando a CEEE a realizar o alinhamento ou a retirada dos respectivos fios, cabos e demais equipamentos fixados em postes, sempre que não tenham mais utilidade”, observou Campeão Vargas.

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul, por sua vez, alega que a CEEE está em frágil situação financeira e a estimativa de débitos da concessionária com o ICMS está por volta de R$ 3 bilhões.

Os parlamentares guaibenses estão elaborando requerimento conjunto para encaminhar à CEEE e ao Governo do Estado, questionando acerca do sucateamento da Companhia e do precário estado dos postes na Cidade.

Campeão garante que a Câmara tem acompanhado a prestação de serviços da CEEE com atividades fiscalizatórias, cobrando a devida prestação do serviço básico de fornecimento de energia elétrica. Ele apresentou dez requerimentos de diversos vereadores, solicitando providências à Companhia.

Publicado em 01/2/20.


Últimas Notícias

Região de Guaíba se mantém em bandeira laranja no mapa de distanciamento controlado do RS.

Sete candidatos disputam a Prefeitura de Guaíba. Em Camaquã, são quatro candidatos. Ver edição impressa.

Sperotto (PTB) e Cleusa (MDB) mantêm união para tentar reeleição à Prefeitura de Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados