Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Quinta-feira, 24 de setembro de 2020

03/08/2020 - 11h10min

Polícia

Registro de Ocorrência via Delegacia Online da Polícia Civil

Compartilhar no Facebook

A Delegacia Online (DOL) da Polícia Civil teve um aumento de 49% no número de registros realizados no primeiro semestre de 2020, comparado com o mesmo período do ano passado. É o que mostra o balanço divulgado pela Instituição.

No total, entre janeiro e junho, foram realizados 188.027 registros online, o que comprova a efetividade da ferramenta disponibilizada pela Polícia Civil. Nos primeiros seis meses do ano passado, foram 125.870 ocorrências registras por meio da DOL.


Em março, em razão das restrições impostas pela pandemia da Covid-19, a Instituição reforçou a campanha e ampliou a possibilidade de registros para fatos criminais em geral pela ferramenta, evitando deslocamentos de pessoas e contribuindo para a prevenção contra o novo coronavírus. Além disso, no início de junho, a Polícia Civil lançou uma cartilha com o passo a passo para que as mulheres vítimas de violência registrem ocorrência na DOL.


Ao fazer o registro pela Internet, o usuário recebe, em até duas horas, acesso ao boletim de ocorrência, com a mesma validade do documento que seria entregue presencialmente em uma delegacia física.


A ferramenta pode ser utilizada 24 horas por dia e de qualquer lugar, basta ter acesso à internet por meio de um computador, tablet ou smartphone.



Como Registrar

1. Acesse o site www.delegaciaonline.rs.gov.br/dol


2. Tenha em mãos documento de identidade ou CPF. Também é necessário endereço de e-mail válido.


3. Se o crime consta em uma das 29 opções específicas do site, o cidadão deve clicar no fato e seguir as instruções. Para outros fatos, clique no botão “Registro geral” para preencher o formulário disponível. É nele que o cidadão irá narrar os fatos e contar, na sua versão, o que aconteceu.


4. A partir do início do registro já será gerado um número de protocolo com 15 dígitos, possibilitando a continuidade do preenchimento em outro momento, sendo gerado, portanto, um rascunho antes da finalização. Esse protocolo será enviado por e-mail ou mensagem de celular (o SMS é gerado apenas para quem tem Login Cidadão RS).


5. Finalizado e enviado o registro, é necessário aguardar a validação por parte da Polícia Civil para que o registro tenha validade.


6. Para acessar a ocorrência, basta consultar o protocolo no site da DOL. A partir daí, é possível visualizar a ocorrência por meio de um PDF, documento que tem a mesma validade do que seria entregue na Delegacia de Polícia.


7. Você pode imprimir esse documento caso necessite apresentá-lo.



Atendimento nas Delegacias

Os cidadãos que necessitam de atendimento presencial da Polícia Civil, em especial as vítimas de casos graves, não ficam desassistidos. Todos são orientados à higienização das mãos com álcool em gel, disponível em todas as DPs.


Para quem apresenta sintoma respiratório (gripe, espirro, coriza, secreção nasal etc.), a realização do atendimento fica condicionado à proteção da saúde do servidor policial. Os responsáveis pelas delegacias também estão orientados a evitar a entrada simultânea ou a aglomeração de pessoas, principalmente nos plantões.




Assaltantes de residências em Guaíba vão para a cadeia

Dois indivíduos, de 22 e 27 anos de idade, foram presos pela Polícia Civil de Guaíba na sexta-feira, 24 de julho. Os suspeitos vieram de outras cidades para assaltar casas em Guaíba nos meses de junho e julho.


De acordo com a Polícia, durante a investigação, foi apurado que os bandidos integravam uma organização criminosa especializada em roubar residências, tendo uma atuação bastante violenta.


A delegada Karoline Calegari informou que ficou demonstrado nos inquéritos policiais que os criminosos rendiam as vítimas mediante o emprego de armas de fogo, subtraíam diversos bens e fugiam no veículo das vítimas, levando uma delas como refém.


Os investigados não residem em Guaíba (o nome do município de origem não foi divulgado): eles vinham para praticar os assaltos.


A Delegada Karoline ressaltou que roubo a residência é um crime extremamente grave, que gera grande temor às vítimas, e que a equipe da DP local tem aumentado a repressão a delitos desta natureza. Ela acredita que a prisão dos envolvidos deverá reduzir o número de roubos a residências no Município e na Região Metropolitana.




Um casal e uma mulher são presos com celulares roubados

Essa semana, a Polícia Civil de Guaíba localizou, na posse de um casal, um aparelho celular furtado em Guaíba. Segundo a Polícia, o casal adquiriu o telefone através do Bricão do Facebook e foi autuado por receptação.




Outro Caso

Uma mulher foi presa em flagrante por agentes da Polícia Civil de Guaíba por estar de posse de um aparelho celular que havia sido roubado durante um assalto a residência praticado no município de Camaquã em março deste ano.


Durante a investigação, que ficou a cargo da DP Camaquã, os autores do roubo foram identificados e presos. Foi verificado que um aparelho celular roubado estava em poder da investigada.


De posse dessa informação, policiais civis da DP de Guaíba abordaram a mulher, conseguiram recuperar o celular e prender a suspeita em flagrante por receptação.


A delegada Karoline Calegari destacou a integração entre as DPs, o que possibilitou uma resposta efetiva. Ela ressaltou, ainda, que ao adquirir algum bem é preciso ter cuidado com a sua procedência, pois quem adquire o produto pode estar comprando um objeto de furto ou roubo.




Suspeito de Envolvimento em Tentativa de Latrocínio

Um homem foi preso na Vila Primavera, Zona Sul de Guaíba, por tráfico de drogas e posse de um revólver furtado.


Os agentes da DP de Guaíba, munidos de mandado judicial, realizaram buscas e apreenderam a arma e a droga. A diligência ocorreu no curso de investigação que apura uma tentativa de latrocínio ocorrida em julho.


O indivíduo, que tinha antecedentes por homicídios, tráfico, porte e disparo de arma de fogo, e receptação, foi preso em flagrante, sendo que, depois dos trâmites de praxe, ele foi encaminhado ao sistema prisional.


A delegada Karoline Calegari destaca que esta foi uma prisão importante, em razão do histórico de agressividade do investigado.


O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Metropolitana, delegado Mario Souza, afirma que mais uma arma foi retirada das mãos de pessoas dadas à prática de delitos, o que aumenta a segurança de toda a coletividade.




BM prende assaltantes após identificação pelo Cercamento Eletrônico em Guaíba

Na edição do dia 5 de junho, a Gazeta Centro-Sul divulgou, em matéria de capa, o início do cercamento eletrônico em Guaíba. Seis conjuntos de câmeras foram instaladas em pontos estratégicos nos acessos e saídas da Cidade. A tecnologia faz a leitura das placas dos veículos, e qualquer irregularidade, como veículo roubado ou furtado, dispara um alerta na Sala de Monitoramento da Brigada Militar. Pode ser emitido o alerta, também, para automóveis com documentação vencida, mas a multa só ocorre se o motorista for abordado. O principal objetivo com a nova tecnologia é diminuir a criminalidade e inibir que bandidos de outras cidades pratiquem crimes em Guaíba.


A Sala de Monitoramento fica na sede do Comando Regional Centro-Sul da BM, na Rua Serafim Silva, no Centro da Cidade. O sistema entrou em pleno funcionamento no dia 2 de junho. A Prefeitura disponibiliza energia elétrica e internet para o funcionamento.


Na tarde de terça-feira, 28 de julho, a Brigada Militar, através do 31º BPM, prendeu dois indivíduos armados em um veículo roubado. De acordo com a BM, após efetuarem o roubo do carro, os bandidos migraram para Guaíba, onde praticaram assaltos a pedestres. A dupla tinha em sua posse um revólver calibre 38, cinco munições intactas, além de três aparelhos celulares.


A prisão aconteceu após o alarme do sistema de cercamento eletrônico de Guaíba disparar, dando alerta à equipe da Sala de Operações, que rapidamente despachou viaturas para abordagem. Os PMs agiram rápido, do alerta até a prisão passaram-se apenas cinco minutos, mostrando a eficácia do sistema.



Publicado em 31/7/20.


Últimas Notícias

Região de Guaíba se mantém em bandeira laranja no mapa de distanciamento controlado do RS.

Sete candidatos disputam a Prefeitura de Guaíba. Em Camaquã, são quatro candidatos. Ver edição impressa.

Sperotto (PTB) e Cleusa (MDB) mantêm união para tentar reeleição à Prefeitura de Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados