Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Segunda-feira, 25 de maio de 2020

20/04/2020 - 10h25min

Polícia

Pedófilo é preso em Guaíba

Compartilhar no Facebook

A Polícia Civil de Guaíba informou, na quinta-feira, 16, que prendeu em flagrante um homem por estar armazenando vídeos e fotos de crianças e adolescentes em cenas de pornografia. A ação contou com apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP/RS). De acordo com a Polícia, durante as buscas, foi encontrado um revólver calibre .38, com munições compatíveis.

De posse de mandado de busca e apreensão, expedido pelo Judiciário local, uma equipe de policiais civis, acompanhados por perito do Departamento de Criminalística, verificaram dispositivos HD, cartões de memória e celulares do investigado (foto), encontrando material de pedofilia.

A delegada Karoline Calegari destacou que filmar, compartilhar ou mesmo armazenar em qualquer mídia fotos e vídeos de conteúdo sexual protagonizados por crianças e adolescentes configura crime de pedofilia.


O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Metropolitana, delegado Regional Mario Souza, ressaltou que ações como estas são muito importantes para salvaguardar a integridade de crianças e adolescentes.


O indivíduo foi autuado em flagrante e encaminhado ao sistema prisional. O nome do acusado e o bairro onde mora, em Guaíba, não foram divulgados.



BM prende traficantes que exibiam armas em via pública

A Brigada Militar de Guaíba, através dos policias militares da Força Tática, juntamente com a agência local de inteligência, efetuou, na tarde de segunda-feira, 13, a prisão de dois homens por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. A prisão aconteceu após averiguação de denúncia apontando que os indivíduos estariam ostentando armas em via pública. As guarnições se deslocaram até a Vila Jardim e lograram êxito na prisão, sendo apreendidos um revólver calibre 32 municiado, uma submetralhadora artesanal calibre 380 com duas munições, mais de seis quilos de maconha, quinze pedras de crack e dinheiro em espécie.


Os indivíduos foram conduzidos à Delegacia de Polícia local para os trâmites legais.



IGP alerta para pedidos de Carteiras de Identidade

A pandemia de Covid-19 alterou a rotina de emissão de carteiras de identidade no Estado. Para evitar o contágio pelo novo coronavírus, o Instituto Geral de Perícias (IGP) suspendeu temporariamente o atendimento para o público geral e montou um esquema especial que prevê agendamento por telefone. Apenas nos casos em que a urgência é comprovada, o cidadão é encaminhado para o Posto de Identificação. Dentre as situações consideradas urgentes, estão: retirar receitas em farmácias; internações e cirurgias de emergência; vítimas de roubos e furtos, desde que outros documentos também tenham sido roubados; e viagens de avião agendadas com urgência.


Em todos esses casos, é necessário apresentar documentos, como receitas médicas, boletins hospitalares, boletins de ocorrência e passagens aéreas que comprovem o relato. Os agendamentos acontecem a cada 30 minutos, o que garante tempo necessário para que a estação de trabalho seja higienizada.


Em Porto Alegre, todos os serviços foram concentrados no Departamento de Identificação (Avenida Azenha, 255). Os três números de telefone disponibilizados muitas vezes são insuficientes diante da demanda e é preciso que o cidadão realize algumas tentativas até conseguir completar a ligação. São eles: (51) 3223.6122; 3223.2798; e 3223-2727.



Polícia termina com ponto de tráfico no Bairro Columbia City

Policiais civis de Guaíba prenderam em flagrante dois indivíduos e apreenderam outros dois adolescentes por tráfico de drogas no Bairro Columbia City, Zona Oeste da Cidade. A ação aconteceu na quarta-feira, 15.


Em monitoramento aos investigados em um determinado ponto de tráfico, a Polícia Civil surpreendeu os acusados vendendo drogas.


Na sequência, em razão da situação de flagrante no imóvel que servia de base para o tráfico, os policiais apreenderam porções de maconha e de cocaína, bem como dinheiro, celulares e um veículo utilizado para o crime.


A delegada Karoline Calegari destacou a importância de manter ações permanentes contra o tráfico de drogas, pois é um delito que fomenta toda a criminalidade.



O vírus pode estar no seu computador

Com a pandemia do coronavírus, muitas pessoas passaram a fazer compras online e a adotar o home office; consequentemente, passaram a utilizar mais a internet. Com tanta gente “navegando” por aí, os cibercriminosos têm mais oportunidades, e a cada dia tem um novo meio de roubar dados. Muitos deles utilizam uma prática conhecida como Phishing: e-mails ou sites falsos induzem o usuário a revelar informações pessoais, como senhas ou cartão de crédito, CPF e números de contas bancárias.

Recentemente, foi identificado envio de e-mails em que os criminosos fingem ser de algum hospital local, informando aos destinatários que eles foram expostos ao novo coronavírus e precisam ser testados.


“Os cibercriminosos estão tentando tirar proveito da pandemia, usando o medo e a ansiedade gerada pela doença. Os autores dessas ameaças surgem para assustar as pessoas e fazê-las abrir arquivos maliciosos”, afirmou Achiles Batista Ferreira Junior, professor e especialista em marketing do Centro Universitário Internacional Uninter.


No e-mail, visto a primeira vez no Canadá, o criminoso informa ao destinatário que ele deve fazer um teste para saber se está contaminado pelo novo coronavírus, porque entrou em contato com um amigo ou parente que testou positivo para Covid-19. Ainda solicita que vítima imprima o anexo, com o nome EmergencyContact.xlsm, e o leve à unidade de saúde mais próxima para a realização do exame.


Junior ressaltou que é importante entender como é feito, para não ser atraído ou prejudicado por essa prática virtual maldosa.


O nome phishing (que em inglês corresponde a pescaria) já sugere como é a prática. A ação ocorre quando se tem o objetivo criminoso de “pescar” informações e dados pessoais utilizando o envio de mensagens não reais (fakes).


“Atenção redobrada às mensagens e e-mails que lhe peçam para clicar em links muito generosos. Quando a esmola é demais o santo desconfia, lembre-se desse ditado”, aconselhou Junior.


O professor ressaltou que o melhor meio de se prevenir é ser pudente, não abrir links de e-mails não solicitados ou nas redes sociais, não passar suas senhas e dados para ninguém, verificar se a URL do site (endereço) está escrita corretamente e, em site de compras, sempre buscar o cadeado (que fica perto da URL). Além disso, é fundamental usar aplicativos antivírus e ferramentas anti-phishing, tais como: PhishGuard (Firefox ou Internet Explorer) e WOT (Google Chrome).



Foto: Divulgação/P.Civil

Publicado em 17/4/20.


Últimas Notícias

Unidades do Super Paulinho, interditadas na quarta, 20, pela Vigilância em Saúde, foram liberadas neste sábado, 23.

Registrada a primeira morte por Covid-19 de um morador de Guaíba na noite desta quinta-feira, 14.

Na noite de quarta-feira, 13, foram confirmados 22 casos de Covid-19 em Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados