Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 17 de setembro de 2019

02/09/2019 - 15h22min

Polícia

Carreta cai em valo no Bairro Santa Rita

Compartilhar no Facebook

Na manhã dessa sexta-feira, 30, o motorista de uma carreta perdeu o controle da direção e caiu parcialmente no valo de esgoto, localizado na margem da Avenida Nei Brito, no Bairro Santa Rita, em Guaíba. Ninguém ficou ferido. A causa do acidente não havia sido divulgada até o fechamento desta edição.

Mochila recheada de drogas com mulher no Bairro Colina

Guarnições da Força Tática da Brigada Militar de Guaíba receberam denúncia de que estaria acontecendo tráfico de drogas em um bar localizado na Rua 17, no Bairro Moradas da Colina. Ao se aproximarem do local, os PMs visualizaram uma mulher em atitude suspeita. Ela foi abordada e na mochila que portava os policiais militares encontraram 135 pinos de cocaína; 27 pedras de crack; uma bucha de cocaína pesando 11,3 gramas; uma pedra de crack com 37,34 gramas; duas porções grandes de maconha com 75 gramas; R$ 73,00; um celular moto G7; e uma pacotera de pinos vazios.

A mulher informou que estava vendendo a droga para um traficante da região. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão a ela, sendo conduzida ao PA para exames e posterior à Delegacia de Polícia local, juntamente com a mochila recheada.

Acidentes de Trânsito Envolvendo Motos

Ao todo, na última década, foram 3,2 milhões de pagamentos do DPVAT em acidentes envolvendo motocicletas, o veículo que mais mata no trânsito do Brasil. Entre 2009 e 2018, os casos de invalidez permanente cresceram 142%.

Condições climáticas, vias danificadas e sinalização inadequada, os motociclistas são frequentemente expostos a muitos destes riscos, mas os índices de imprudência também são altos. A combinação destes fatores traça um cenário no qual motocicletas e ciclomotores protagonizam a maioria dos acidentes de trânsito no País.


Nos últimos dez anos, o Seguro DPVAT pagou mais de 3,2 milhões de indenizações por ocorrências envolvendo os dois tipos de veículos. Deste total, quase 200 mil pessoas morreram e 2,5 milhões ficaram com algum tipo de invalidez permanente. Os números ainda mostram que, na última década, os benefícios destinados a vítimas de acidentes com motos e as “cinquentinhas” representam cerca de 72% do total de pagamentos efetuados pelo seguro obrigatório (4,5 milhões).

Os dados são do boletim especial Motocicletas e Ciclomotores Dez Anos, produzido pela Seguradora Líder com o objetivo de dar visibilidade ao grave problema de violência no trânsito brasileiro.


As estatísticas por idade seguem o mesmo comportamento há dez anos: os jovens de 18 a 34 anos já eram a maioria atingida, com mais de 92 mil benefícios pagos. Só no ano passado, foram 130.365 indenizações pagas para esta faixa etária.

Apesar de representarem apenas 27% da frota nacional, o crescimento do número de motocicletas e ciclomotores no País, nos últimos dez anos, foi de 81,6%.

Sobre o Seguro DPVAT

O DPVAT é um seguro obrigatório de caráter social, que protege os mais de 209 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito sem apuração da culpa. Ele pode ser destinado a qualquer cidadão acidentado em território nacional, seja motorista, passageiro ou pedestre, e oferece três tipos de coberturas: morte (valor de R$ 13.500), invalidez permanente (de R$ 135 a R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e suplementares (até R$ 2.700). A proteção é assegurada por um período de até três anos.

Policiais doam sangue para vítima de tentativa de homicídio

Um gesto de policiais civis chamou a atenção dos gaúchos essa semana. Agentes da 2ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha compareceram ao Hospital Conceição, em Porto Alegre, e doaram sangue para uma mulher vítima de tentativa de homicídio ocorrida no domingo, 25.

Em decorrência das graves lesões na região do pescoço, produzidas por golpes de faca pelo criminoso, a vítima necessitou de grande volume de sangue.


Segundo o delegado Maurício Barison, titular da 2ª DP, a iniciativa partiu dos próprios agentes policiais.


“É um gesto que demonstra grande empatia e preocupação em minimizar danos e sofrimento da mulher vítima de violência”, enfatizou o delegado.



Agressor de mulher é preso

A Polícia Civil de Guaíba prendeu J.C.D, 28 anos de idade, contra o qual havia sentença judicial, decretando a sua prisão pelo crime de lesão corporal no âmbito das relações domésticas.

A delegada Karoline destaca que a violência doméstica e familiar contra mulher deve ser coibida severamente.


Foto: Jorge Krigger

Publicado em 31/8/2019.


Últimas Notícias

Ex-secretário de Saúde de Guaíba, Itamar Costa, faz desabafo. Confira na versão impressa da Gazeta de sábado, 14.

Nesta quinta-feira, 12, iniciam as atividades culturais dos festejos farroupilhas no Parque Coelhão em Guaíba.

A Câmara Municipal de Guaíba realizou sessão solene na noite de quarta-feira, 11, para homenagear a Imprensa local.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2019 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados