Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Quinta-feira, 22 de agosto de 2019

10/06/2019 - 14h46min

Polícia

Operação Salve Jorge desarticula organização criminosa em Guaíba

Compartilhar no Facebook

Sete pessoas foram presas, sendo quatro em flagrante

Muitas viaturas de Polícia e intenso som de sirenes despertaram a população da Zona Sul de Guaíba nas primeiras horas da manhã dessa sexta-feira, 7. Estava sendo desencadeada a Operação Salve Jorge pela Polícia Civil em conjunto com a Brigada Militar.

A ação policial realizada na Vila São Jorge foi para combater crimes de homicídio e tráfico de drogas no Município. Durante investigação realizada pela Delegacia de Polícia de Guaíba, foi identificada uma organização criminosa responsável por ordenar a execução de desafetos e expulsar moradores de suas casas na Vila. Sete pessoas foram presas, quatro delas em flagrante.

De acordo com a Polícia Civil, durante a ação foram apreendidas armas, celulares e aproximadamente 300 gramas de cocaína. Parte da droga estava escondida no interior de um urso de pelúcia.

O delegado Luis Firmino, titular da DP local, que coordenou a Operação, disse que a investigação iniciou há dois meses, quando uma série de homicídios aconteceu em poucos dias. Os policiais civis identificaram que os crimes foram coincidentes com a saída de um apenado do sistema penitenciário. O homem de 30 anos de idade, chefe da organização, cumpria pena por homicídio qualificado e foi colocado em liberdade para aguardar a colocação de tornozeleira eletrônica, quando, em poucos dias, ocorreram quatro homicídios.


Além de ordenar a execução de desafetos, o apenado também é suspeito de ter expulsado moradores de suas casas na Vila São Jorge, a fim de transformar estas residências em novos pontos de tráfico de drogas.


“Ao longo da investigação, oito pessoas foram identificadas e investigadas por tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e homicídio. A integração e troca de informações entre a Polícia Civil e a Brigada Militar foram essenciais para o resultado do trabalho”, ressaltou o Delegado Firmino.

Aproximadamente 160 policiais civis e 20 policiais militares cumpriram 39 ordens judiciais, sendo cinco mandados de prisão e 34 mandados de busca e apreensão, todos em Guaíba. O helicóptero da Polícia Civil deu o apoio aéreo para as equipes durante a ação.

Conforme o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana, delegado Mario Souza, esclarecer crimes de homicídios e punir os responsáveis é prioridade absoluta na Região. “Esse tipo de crime será combatido, para que todos os envolvidos nesses homicídios sejam responsabilizados”, afirmou Souza.

O tenente-coronel Rodrigo França, comandante do 31º BPM, participou do comando da Operação.

Furtavam em Camaquã e Região

Agentes da Polícia Civil da DP de Camaquã deflagraram, na manhã dessa sexta-feira, 7, a Operação Boa Vista, que visa desarticular grupo criminoso responsável por pelo menos oito crimes de furto qualificado ocorridos na Zona Rural dos municípios de Chuvisca e Camaquã. Três indivíduos identificados como autores dos crimes foram presos preventivamente.

Traficante preso com revólver 38

Por volta das 23 horas de segunda-feira, 3, o POE, do 31º BPM, efetuou a prisão de um indivíduo na Rua 21, Bairro Santa Rita (Cohab), em Guaíba.

De acordo com a Brigada Militar, o homem portava um revólver calibre 38 com seis munições. Durante a abordagem, foram apreendidos, também, dez munições de calibre 38, três de 9mm; um jet; R$ 156,00 em espécie; 1,250 kg de maconha, além de porções já fracionadas para o comércio; uma balança de precisão; um aparelho celular; bem como um veículo clonado.

Ação Conjunta da Polícia Civil e do Judiciário em Eldorado

A Polícia Civil deflagrou, em conjunto com o Poder Judiciário, a Operação Themis, de caráter permanente, que tem por finalidade dar maior efetividade e atendimento imediato às ordens judiciais exaradas pela Comarca de Eldorado do Sul. Dessa forma, a operação policial atua com mais agilidade, desde mandados de prisão até cumprimentos das mais diversas ordens cautelares.

Nessa primeira edição da Operação, realizada no dia 1º de junho, foram apreendidas cinco armas de um indivíduo investigado por violência doméstica e familiar contra a mulher. O delegado Rodrigo Caldas ressaltou que a presente iniciativa, além de inédita, confere maior efetividade tanto para a atividade policial quanto para a prestação jurisdicional.


“O considerável resultado do dia de hoje reflete o sucesso da integração entre as instituições. A Polícia Judiciária e o Poder Judiciário possuem objetivo similar frente às ações criminais, e a atuação conjunta e próxima dos dois certamente resultará em uma equação positiva”, acrescentou o delegado.

Foto: Jorge Felipe/PC

Publicado em 08/6/2019.


Últimas Notícias

Nova DP de Guaíba deverá ser inaugura em outubro de 2019.

Guaíba e Eldorado do Sul firmam PPP com a Corsan para tratamento de esgoto.

Em Barra do Ribeiro, Bolsonaro anuncia mais R$ 100 milhões este ano para a duplicação da BR-116.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2019 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados