Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 02 de setembro de 2014

05/12/2011 - 13h56min

Como funciona a Educação Infantil em Guaíba

Compartilhar no Facebook

Secretária Municipal de Educação, Lúcia Polanczyk, fala sobre o número de atendimentos na Rede Municipal.

Polanczyk ressaltou as providências que estão sendo tomadas para atender a demanda e evitar o sorteio de vagas

Por Leandro André

Não tem sido fácil para os pais guaibenses conseguirem vagas para seus filhos nas creches e escolas infantis do Município. Como a demanda é maior do que a oferta, a Prefeitura realiza sorteios para atender as crianças. O déficit é estimado em cerca de 60%. A vereadora Paula Parolli solicitou a presença da secretária de Educação na Câmara, ainda neste mês, para passar informações a respeito do que está sendo feito pelo Executivo visando ampliar o número de vagas.

O Plano Nacional de Educação 2001/2010 estabeleceu metas aos municípios para o atendimento da Educação Infantil até 2014, abrangendo crianças de até cinco anos de idade.

Essa semana, a Gazeta Centro-Sul entrevistou a secretária Municipal de Educação, Lúcia Polanczyk, para conhecer a realidade da Educação Infantil em Guaíba e quais as ações que estão sendo providenciadas para atender a demanda.

A Secretária Lúcia informou que, de acordo com o último Censo Demográfico, Guaíba possui cerca de 4.300 crianças na faixa etária de zero a cinco anos. A legislação determina que os municípios devem atender a Educação Infantil, sendo que na faixa etária de zero a três anos é opção da família utilizar a creche, mas para as crianças de 4 e 5 anos o poder público, por meio das prefeituras, deve garantir o atendimento.

Os Números de Hoje

De acordo com dados apresentados pela Secretaria Municipal de Educação (SME), Guaíba possui sete estabelecimentos que oferecem atendimento exclusivo de Educação Infantil. Ao todo, neste ano, o Município oferece 1.216 vagas. As escolinhas são: Noeli Varella e Vovó Flor (antiga API), próximas da Escola Estadual Ismael Chaves Barcellos; Menino Jesus, no Bairro Bom Fim; Santa Isabel, na Vila São Francisco; Três Patinhos, na Vila São Jorge; Nossa Senhora de Fátima (antiga AMI), no Bairro Fátima; e Pedras Brancas, no Bairro de mesmo nome.

Dez escolas da Rede Municipal de Ensino Fundamental também oferecem Educação Infantil, atendendo 477 crianças.

Para 2012

Em novembro, a Prefeitura de Guaíba concluiu projetos para a construção de cinco escolas de Educação Infantil com recursos do Ministério da Educação (MEC), por meio do PAC, que deverão ser implantas até o final de 2012 nos seguintes locais: junto ao Instituto Estadual Moura e Cunha, no Bairro Colina; no Parque Noli; junto ao Colégio Estadual Cônego Scherer, no Parque 35; próximo ao CTG Caudilho Guaibense, na Cohab; e anexo à Escola Municipal Zilá Paiva Rodrigues Jardim, no Bairro Jardim dos Lagos. Cada unidade custará cerca de R$ 1,9 milhão, sendo que o MEC entrará com R$ 1,4 milhão, e o Município, com R$ 500 mil. Com a construção dos estabelecimentos, a previsão é de que sejam abertas mais 1.200 vagas. “Considero a conclusão destes projetos o grande passo da nossa Secretaria”, avaliou Lúcia.

Com a ampliação das escolas existentes, cujas obras já foram licitadas, serão abertas mais 616 vagas no decorrer do ano que vem, chegando a 1.832 atendimentos. Somando as novas unidades a serem construídas com recursos do MEC, até o final de 2012, a estimativa da Secretaria de Educação de Guaíba é de que o Município possa oferecer mais de três mil vagas.

Nas escolas Três Patinhos (São Jorge); Santa Isabel (S. Francisco); e Menino Jesus (Bom Fim), a Prefeitura espera atender 100% da demanda no próximo ano.

“Estamos construindo salas para que todas as escolas da rede que oferecem Ensino Fundamental também ofereçam atendimento de Educação Infantil”, ressaltou a Secretária Lúcia, que prometeu o cumprimento da meta do Plano Nacional de Educação dentro do prazo previsto: atender a totalidade da demanda da Educação Infantil até 2014.

Conforme dados da SME, em 2008, a Prefeitura atendia 583 crianças na Educação Infantil. Neste ano, chegou a 1.216, com a ampliação dos estabelecimentos e realização de concurso público para a contratação de servidores e professores. A Secretária Lúcia anuncia a realização de novo concurso público em 2012 para a contratação de pessoal a fim de atender as vagas que serão ofertadas.

Fotos: LA/GCS

Publicado em 3/12/11.

Nossa Senhora de Fátima é uma das escolas de Educação Infantil mais procuradas da Cidade


Últimas Notícias

Apesar de derrota para o líder DC Futsal, no sábado, 30, AGF encerra primeira fase em 3º na Série Prata de Futsal.

Leandro André questiona, em sua coluna, como se sentem os gremistas negros quando seus companheiros de clube gritam "macacos" no estádio.

Prefeitura de Guaíba tem prazo até está segunda-feira, 1º, para fazer a contraproposta dos recursos das medidas compensatórias da CMPC.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2014 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados