Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Sábado, 11 de julho de 2020

17/05/2020 - 19h34min

Registrada primeira morte de morador de Guaíba em decorrência da Covid-19

Compartilhar no Facebook

Em uma semana, foram mais 13 casos em Guaíba, somando 22 confirmações de Covid-19 até o fechamento desta edição, na quinta-feira, 14. O crescimento acelerado acontece após reabertura do comércio e dos serviços na Cidade, apesar das medidas especiais de proteção. O movimento nas ruas centrais segue intenso.

Na noite de quinta-feira, João Celso Zilio, de 63 anos, morador de Guaíba, morreu vítima de Covid-19. Ele estava internado desde 26 de abril no Hospital Ernesto Dornelles, em Porto Alegre, onde fazia tratamento para câncer de pulmão.


Sobre o aumento de casos na Cidade, a Secretaria Municipal de Saúde informou que fez uma investigação apurada e concluiu que oito dos novos infectados estão provavelmente relacionados a uma festa de chá de fraldas, que foi realizada no início de maio, na Zona Norte de Guaíba.


Segundo a Prefeitura, dos 22 casos confirmados de Covid-19 no Município, oito estão recuperados. Uma professora foi internada, essa semana, no Hospital Divina Providência, em Porto Alegre, e está entubada. Outros estão em quarentena.


Ao todo, 94 pessoas fizeram o teste e 69 delas tiveram o resultado negativo. O secretário municipal de Saúde, Jocir Panazzolo, argumentou que os casos têm crescido em todo o Estado.


“O número de casos tem aumentado em todo o Rio Grande do Sul. Tanto é que o Estado registrou, na última semana, o surgimento do vírus em cinco cidades gaúchas por dia. Em Guaíba, não seria diferente. O mais importante a se destacar é que temos uma situação totalmente controlada. Os atendimentos na Central de Triagem de Combate ao Coronavírus estão bem abaixo da capacidade. Temos nove consultórios no local, mas estamos usando apenas três”, destacou Jocir.


Outra ocorrência que chamou a atenção aconteceu no dia 15, com a notícia de contaminação de uma funcionária do Supermercado Paulinho, no Centro, além de outros trabalhadores apresentarem sintomas. As três lojas dos Supermercados Paulinho chegaram a ser fechadas pela Vigilância em Saúde. Os estabelecimentos foram liberados após testes nos funcionários que tiveram contato com a pessoa infectada, sendo dois deles com sintomas, e feita a higienização dos estabelecimentos, segundo informou a Prefeitura.


O movimento do comércio nas ruas centrais de Guaíba foi intenso no sábado, 16, véspera do Dia das Mães (foto).


A maioria das pessoas que circulam em via pública estão respeitando o Decreto Municipal, que obriga o uso de máscaras, tanto em locais públicos quanto no comércio, no transporte coletivo, em táxis e aplicativos.


Em muitos casos, o contágio se dá por meio de aglomerações, com pessoas infectadas que não apresentam sintomas da doença.



Realização de Testes

Conforme a Gazeta Centro-Sul divulgou na semana passada, a Prefeitura esclareceu que existe apenas um protocolo para encaminhar o paciente para teste. O cidadão com sintomas gripais pode procurar a Central de Triagem de Combate ao Coronavírus (em frente ao PA). No local, ele é encaminhado para um consultório e avaliado por um médico. Caso apresente sintomas agudos de Covid-19, será feita a coleta do material e encaminhado para teste no Laboratório Central do Estado (Lacen). Depois disso, o Município receberá a notificação do Estado com resultado negativo ou positivo. O prazo de resposta varia, dependendo apenas do Lacen. A todos os pacientes com sintomas é recomendado (pelos médicos) permanecer em casa, em isolamento, por pelo menos 14 dias.


Em relação aos testes rápidos, a Secretaria Municipal de Saúde informou que, por determinação do Ministério da Saúde, os mesmos só podem ser usados para testar profissionais de saúde, agentes de segurança e grupos de risco.



Óbitos em Casa no RS

De acordo com a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio Grande do Sul, 27,9% dos registros de óbitos feitos pelos Cartórios de Registro Civil do RS, desde a primeira morte por Covid-19, no dia 16 de março, tiveram como local do óbito o domicílio do falecido. Os dados fazem parte do novo módulo do Portal da Transparência do Registro Civil, lançado no dia 7 de maio, que disponibiliza as informações com base no local de falecimento atestado pelos médicos, e que está disponível no endereço Covid Registral (http://transparencia.registrocivil.org.br/registral-covid).


O Portal da Transparência passou a disponibilizar informações sobre o local de falecimento constante nas Declarações de Óbitos, segmentados por Hospital, Domicílio, Via Pública e Outros.

Foto: LA/Gazeta

Publicado em 15/5/20.


Últimas Notícias

Na noite desta terça, 7, foi confirmada a nona morte por Covid-19 de moradores de Guaíba.

Dezenas de trabalhadores de fora do Estado vão atuar na parada geral da CMPC.

Leia nesta edição: projeto vai instalar internet na casa de 2 mil estudantes em Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados