Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

01/11/2019 - 14h56min

PA Utilizado como Hospital

Compartilhar no Facebook

No Pronto Atendimento de Guaíba, é comum pacientes aguardarem por leitos em hospitais de Porto Alegre

Guaíba possui um Pronto Atendimento (PA) 24 horas (foto). No entanto, por falta de atendimento hospitalar pelo SUS na Cidade e nos municípios da Região, muitas vezes o PA local é utilizado como hospital, mantendo pacientes sob cuidados médicos por vários dias até que um leito seja disponibilizado na rede estadual. Isso faz com que aconteça confusão na comunidade sobre as atribuições do Estado e do Município na área da Saúde, gerando tensão e críticas da população, apesar dos esforços de profissionais que trabalham no PA para salvar vidas e não deixarem as pessoas desassistidas.

Diante deste quadro que se arrasta há dez anos, desde o fechamento do Hospital Livramento, e considerando situações dramáticas que periodicamente chegam à Redação da Gazeta Centro-Sul, o Jornal questionou à Prefeitura sobre o funcionamento do Pronto Atendimento local e o tempo médio de espera que os pacientes ficam no Posto aguardando por encaminhamentos. A Gazeta questionou, também, a respeito da previsão para que o Hospital Regional de Guaíba entre em operação, considerando que instalações estão praticamente concluídas.

O que diz a Prefeitura

O Governo Municipal de Guaíba respondeu à Gazeta Centro-Sul por meio da nota que está sendo publicada na íntegra a seguir (entre aspas).

“É importante destacar, antes de mais nada, que, por lei, cabe ao Governo do Estado disponibilizar leitos hospitalares e que a Secretaria Municipal de Saúde não tem qualquer gerência quanto à liberação de leitos.

Hoje, quarta-feira (30/10), quatro pacientes estão aguardando no Pronto Atendimento de Guaíba por um leito. Os leitos são ofertados unicamente pela Central de Regulação de Leitos do Estado, que fica em Porto Alegre.

Sobre o tempo de espera, o secretário municipal de Saúde, Jocir Panazzolo, diz que depende da gravidade do caso. Vários pacientes são transferidos no momento de chegada ao PA; outros podem demorar um pouco a mais. Não existe um limite de tempo.

Já sobre o futuro hospital-maternidade, a Prefeitura não fixa uma data para não criar falsa expectativa à população, mas segue trabalhando para colocar o projeto em prática nos próximos meses.”

Foto: LA/GAZETA


Publicado em 02/11/2019.


Últimas Notícias

Obras de revitalização da Praia da Alegria, em Guaíba, deverão iniciar em março. Ver matéria nesta edição da Gazeta Centro-Sul.

Abacaxi derruba diretor municipal em Guaíba. Confira na Coluna impressa de Leandro André.

Guaíba. Motorista de aplicativo, Rafael da Silva, 31, desapareceu no dia 6. Seu carro foi encontrado queimado sábado, 8, no Mathias.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados