Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Quinta-feira, 14 de novembro de 2019

24/05/2019 - 14h06min

Segurança Pública Integrada

Compartilhar no Facebook

Os números da violência no Brasil são de guerra; a banalização dos homicídios assusta. O caos está instalado em muitas cidades do País, principalmente nas regiões metropolitanas, devido às deficiências no sistema de segurança pública, somadas aos problemas sociais importantes. Para transcender este grave quadro social doente, se faz necessário uma reformulação completa do sistema prisional; mais policiamento ostensivo nas ruas; atualização do Código Penal; implementação de segurança integrada; melhor distribuição de renda; e um ajuste profundo no processo educacional.

Diariamente, o noticiário do País destaca crimes em série contra a vida. Em Guaíba e Região, a Gazeta Centro-Sul divulga diversos ataques violentos todas as semanas, com execuções de jovens em via pública a qualquer hora do dia ou da noite.

O tráfico de drogas e de armas ocupa boa parte do vácuo deixado pelo Estado, o que é trágico, considerando que é papel do Estado garantir direitos e cobrar deveres para que a população consiga viver em harmonia.

A sociedade deve se unir e exigir que o Estado cumpra com o seu dever, bem como fazer a sua parte no que diz respeito ao cumprimento integral da legislação e colocar o respeito como valor de destaque no núcleo familiar. É imprescindível que as pessoas parem de comprar produtos e equipamentos sem procedência lícita, pois o comércio clandestino de materiais roubados e o tráfico de drogas são as maiores causas dos assaltos e dos homicídios registrados no País.

É preciso, também, que a tecnologia seja usada de forma abrangente e sistemática no processo de combate à criminalidade, integrando as forças policiais e a população de forma eficaz, com inteligência.

Os gestores públicos devem atuar de forma intensa para oferecer educação de qualidade para as crianças e os jovens, criando oportunidades, investindo no esporte e na cultura, fazendo com que a juventude tenha perspectivas.

A responsabilidade pela Segurança Pública é do Estado, mas a sociedade organizada precisa fazer a sua parte, agindo com ética, unindo forças para desenvolver projetos que beneficiem a comunidade, colaborando com as ações do bem, indo além da simples cobrança.

A corrupção desenfreada no Brasil causa muitos prejuízos à população, pois rouba recursos importantes que deveriam ser destinados aos serviços públicos de Segurança, Educação e Saúde. Sendo assim, a intervenção social deve começar pela escolha consciente de seus representantes políticos e encerrar com a participação efetiva no combate ao crime, de forma organizada, em parceria com as autoridades competentes.

Publicado em 25/5/2019.


Últimas Notícias

Matéria sobre o PA e o novo hospital de Guaíba na versão impressa deste sábado, 2.

Campeonato de Skate Dowhill, em Guaíba, neste domingo. Av. Dona Frutuosa.

Enem neste domingo, 3. Portões abrem às 12h e fecham às 13h. Usar somente caneta preta. Celulares devem ser desligados.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2019 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados