Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Segunda-feira, 22 de julho de 2019

06/05/2019 - 14h55min

BM age rápido e evita assalto a caminhoneiro em Guaíba

Compartilhar no Facebook

No início da tarde do domingo, 28 de abril, a Brigada Militar de Guaíba recebeu uma ligação na Sala de Rádio do 31º BPM, informando que bandidos tripulando um Toyota Corolla branco, com placas de Esteio, haviam assaltado um caminhão Ford, de cor preta, com placas de Pelotas, carregado de fumo. O ataque teria ocorrido próximo ao Bairro Pedras Brancas, na BR-116, em Guaíba. De acordo com o relato passado à BM, dois indivíduos armados embarcaram no caminhão e os outros dois comparsas permaneceram no Corolla, seguindo em direção a Porto Alegre. Um dos bandidos portava uma arma longa, e o outro, uma pistola.

Uma guarnição da BM se deslocou imediatamente para averiguar o fato. Na elevada de acesso a Guaíba, a viatura se deparou com o caminhão, que estava sendo seguido pelo Corolla. Ao perceberem a presença da Polícia, os bandidos que estavam no carro entraram em confronto com os PMs e seguiram em disparada. Os comparsas que estavam no caminhão roubado saltaram e correram em direção a Estrada Santa Maria. De acordo com a BM, os ladrões invadiram residências, de onde levaram um Gol vermelho e um Fiat Palio. Enquanto isso, a guarnição seguia o Corolla em que estavam dois dos assaltantes. Próximo ao acesso para o Bairro Santa Rita (Cohab), os bandidos jogaram miguelitos (pequenas peças de ferro pontiagudas) na rodovia, fazendo com que furassem os pneus da viatura, que reduziu a velocidade.

Outras viaturas entraram na perseguição em apoio a primeira. Uma guarnição encontrou o Gol vermelho abandonado no acostamento próximo ao viaduto que liga as BRs 116 e 290. Outra viatura seguiu na perseguição ao Corolla pela Estrada dos Colonos, onde os assaltantes perderam o controle do carro e caíram numa vala de irrigação de uma plantação de arroz. Eles seguiram fugindo a pé até um Posto de Combustíveis localizado no km 113 da BR-290, em Eldorado do Sul, de onde roubaram um Palio preto e seguiram em direção ignorada.

No interior do Corolla, os PMs encontraram uma espingarda Calibre 12, marca Taurus; um kit Roni que acopla na pistola Glock; diversos potes de vidro com miguelitos; um bloqueador de sinal com fonte Jammer, com 20 antenas; duas placas veiculares em situação de roubo; e uma camiseta de manga longa da Polícia Civil. No Sistema de Consultas Integradas/RS, o veículo Toyota Corolla se encontrava como clonado.

Durante as buscas, uma guarnição de Eldorado do Sul localizou, em uma parada de ônibus, na BR-116, um indivíduo trocando o pneu de um veículo e outro com as vestes molhadas, ajudando. Segundo a BM, foi realizada abordagem, momento em que o proprietário do veículo informou que estava sendo ameaçado pelo indivíduo com as roupas molhadas. O suspeito se identificou com um nome, mas sua foto não era compatível com os dados do sistema de consultas móveis. Então, foi constatado o verdadeiro nome do suspeito, que possui extensa ficha criminal. Ele foi encaminhado ao PA de Guaíba para exames e, posteriormente, levado à DPPA de Canoas.

Em meio a ocorrência, alguns carros que trafegavam pela BR tiveram os pneus furados pelos miguelitos. Alertas eram feitos pelas redes sociais. Entre as mensagens, algumas tinham fotos que, pelos relatos da BM, não teriam relação com este caso.

O comandante do 31º BPM, Tenente-coronel França, destacou a ação rápida da Brigada Militar, que evitou o roubo do caminhão e da carga, além de apreender armamento, miguelitos, bloqueador de sinal de GPS, recuperar dois veículos e prender um indivíduo.

Morto com pelo menos dez tiros

Na segunda-feira, 29 de abril, a BM foi acionada a comparecer no Morro Ronca Tripa, próximo à Vila Jardim, Zona Sul de Guaíba, para verificar ocorrência de disparos de arma de fogo em via pública. Ao chegarem no local, os PMs encontraram o corpo de Alain Nunes Soares, 18 anos de idade, sem vida, com diversas marcas de tiros na cabeça, costas e braços. Segundo a Polícia, a vítima possuía passagens policiais por roubo e posse de drogas.

De acordo com relatos de testemunhas, cerca de dez indivíduos armados de pistola arrombaram a porta da casa da vítima e efetuaram mais de trinta disparos. No entorno do corpo havia diversos estojos de calibre .9mm espalhados. O caso está sendo investigado pela DP de Guaíba.

Tráfico e Prisões no Bairro Colina

De acordo com a Brigada Militar de Guaíba, na quarta-feira, 1º, por volta das 18 horas, na Rua X-14, Bairro Colina, a Patamo abordou um indivíduo em atitude suspeita e, ao identificá-lo, constatou que o mesmo se encontrava foragido da Justiça. Com ele, os PMs apreenderam um revólver Taurus calibre 38, com numeração suprimida; 12 munições intactas de mesmo calibre; um celular; uma máquina de cartão de crédito e R$ 100,00 em espécie. Foi dada voz de prisão ao suspeito, e posterior encaminhamento à Delegacia de Polícia.

No mesmo dia, no Bairro, às 23 horas, o POE do 31º BPM prendeu dois traficantes. Durante abordagem em dois veículos com tripulantes em atitude suspeita, na Rua X-4, foram apreendidas 655,8 gramas de cocaína; 839,4 gramas de maconha; R$ 200,00 em cédulas e uma balança de precisão. Os dois indivíduos foram presos e levados à DP local.

Preso acusado de matar dois em baile funk

Agentes da Delegacia de Polícia de Guaíba prenderam, na manhã de quarta-feira, 1º, um jovem de 19 anos pela prática do crime de duplo homicídio. A ação, realizada no Bairro Padre Réus, em Gravataí, foi decorrente do cumprimento de mandado de prisão preventiva.

De acordo com o delegado Luis Firmino, o crime ocorreu no dia 4 de agosto de 2018, tendo como vítimas dois jovens que participavam de um baile funk em Guaíba.

“A razão teria sido um desafeto com o suspeito. Ambos foram atingidos por mais de uma dezena de tiros em uma rua próxima ao local do baile. O preso possui antecedentes por ato infracional análogo ao crime de homicídio quando era adolescente”, ressaltou o delegado.

Acusado de estupro foi pra cadeia

Suspeito de estupro foi preso em Guaíba no dia 26 de abril. De acordo com a Polícia Civil, o acusado possui antecedentes por roubo, furtos, tráfico de drogas, ameaça e violência doméstica.

A vítima, logo após a agressão, procurou ajuda na DP local, o que possibilitou a localização e a prisão do agressor.



Foto: LA/Gazeta

Publicado em 04/5/2019.


Últimas Notícias

Professor Bosco (PL) assume a cadeira de Juliano Ferreira na Câmara Municipal de Guaíba.

Vereador Juliano Ferreira (PL) assume a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Guaíba.

Leandro André fala sobre a Casa da Mãe Joana.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2019 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados