Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 20 de outubro de 2020

12/04/2019 - 14h38min

Projeto Farmácia Verde foi apresentado em encontro regional

Compartilhar no Facebook

A 1ª Reunião de Permacultura da Região Costa Doce foi realizada no dia 30 de março em Arambaré. No encontro, foram apresentados temas como: plantas alimentícias não convencionais; associativismo; cooperativismo e segurança alimentar; yoga e meditação; e plantas medicinais.

O evento aconteceu em um sítio no Interior do Município, onde foi oferecida alimentação saudável vegetariana e vegana aos participantes. No lanche da manhã, foi oferecido pão de ora-pro-nóbis e patê de ricota com manjericão.

A Secretaria Municipal da Saúde de Camaquã esteve representada pela coordenadora do programa de plantas medicinais e fitoterápicos, Cátia Menezes. A coordenadora apresentou as atividades realizadas no Município de Camaquã. Após a apresentação foram distribuídas mudas da Farmácia Verde, livreto informativo e educativo e saquinhos de chá desidratado.

O tema de plantas medicinais teve grande participação dos presentes (mais de 40 pessoas), os quais tinham muitas dúvidas quanto ao uso correto das plantas como prevenção em saúde.

A Permacultura foi desenvolvida na década de 1970 por Bill Mollison e David Holmgren na Tasmânia, como uma resposta ao sistema industrial e agrícola da época. Bill e David organizaram a agricultura ancestral, as habilidades, a sabedoria tradicional e a moderna, e criaram a palavra Permacultura, que tem como base a ecologia e é um instrumento utilizado para a criação de sistemas humanos sustentáveis, valorizando e unindo os seguintes pontos: conhecimento tradicional; agricultura ancestral; construções eficientes; equilíbrio (mental, físico e espiritual); diversidade; recursos naturais; e sustentabilidade.

Foto: DIVULGAÇÃO

Publicado em 13/4/2019.


Últimas Notícias

Assassinato que matou professora e seu filho, no Bairro Bom Fim, choca a comunidade.

Professora Rosa Jardim, 67, e seu filho Leonardo, 28, foram mortos em casa, em Guaíba, na madrugada desta segunda, 5.

Região de Guaíba se mantém em bandeira laranja no mapa de distanciamento controlado do RS.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados