Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Tera-feira, 19 de maro de 2019

07/01/2019 - 16h46min

Jovem que desapareceu na virada do ano foi encontrado morto em Santa Catarina

Compartilhar no Facebook

O estudante guaibense Paulo Júnior da Costa, 22 anos (foto), começou a trabalhar de motorista da Uber para aumentar a renda e pagar a faculdade. Na noite de 31 de dezembro, desapareceu misteriosamente, gerando muita angústia nos familiares e em toda a comunidade gaúcha. Na tarde de sexta-feira, 4, a Polícia divulgou o que ninguém queria ouvir: Paulo foi encontrado morto em Laguna, Santa Catarina.

O jovem estudava Engenharia Mecânica na UniRitter e fazia estágio em Guaíba, onde morava. Há dois meses, trabalhava como motorista da Uber nas horas vagas. Na segunda-feira, dia 31de dezembro, Paulo desapareceu, no início da noite, enquanto trabalhava como motorista.


De acordo com familiares do jovem, a sua namorada recebeu mensagem de texto pelo WhatsApp às 19h30, dizendo que ele faria uma corrida a Pelotas, mas a Polícia descartou esta hipótese durante as investigações.

Segundo a Polícia, por volta das 17 horas, Paulo recebeu uma chamada do Bairro Sarandi, em Porto Alegre, dando início à tragédia. Desde a constatação do desaparecimento, na noite de 31 de dezembro, o telefone celular de Paulo Júnior esteva desligado e o carro que dirigia, um Gran Siena vermelho, somente foi encontrado na tarde de quinta-feira, 3.


Família e amigos de Paulo passaram todo o tempo tentando encontrá-lo, enquanto a Polícia investigava o caso sem passar detalhes para não atrapalhar as investigações.

A Pior Notícia

Na tarde dessa sexta-feira, 4, a Polícia Civil do RS divulgou que os Bombeiros de Santa Catarina haviam localizado o corpo de Paulo Júnior da Costa parcialmente enterrado na periferia do município de Laguna, no Litoral Catarinense. As buscas pelo jovem foram feitas em conjunto por agentes das polícias Civil, Militar e dos Bombeiros. As instruções foram passadas pela Polícia Civil do RS.

Jackson do Nascimento, 20, e Wesley Ferraz, 27, com extensa ficha criminal foram presos em Santa Catarina, acusados dos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.



O que diz a Polícia

Em entrevista coletiva à Imprensa, na tarde de sexta-feira, a Polícia relatou que esclareceu o caso, mas que continuava trabalhando para apurar detalhes, como a motivação do assassinato, a fim de concluir o inquérito. É preciso esclarecer, também, qual dos dois presos foi o autor dos disparos.

De acordo com a Polícia, Paulo atendeu uma corrida pelo aplicativo em Porto Alegre, com destino a Santo Antônio da Patrulha (RS). Depois disso, não foram encontrados mais registros do motorista. A investigação sugere que os criminosos obrigaram Paulo a seguir até Laguna, onde o mataram a tiros. Ao serem presos, eles indicaram onde haviam enterrado o corpo.

Manifestação em Guaíba

No final da tarde de sexta-feira, dezenas de carros saíram às ruas de Guaíba, com faixas pretas e buzinando. A manifestação foi em protesto contra a violência e pela responsabilização de todos os culpados deste crime que chocou a população neste início de ano.

Publicado em 05/1/2019.


Últimas Notícias

Novo site da Gazeta Centro-Sul deverá entrar no ar entre março e abril deste ano.

Projeto de mineração de carvão em Eldorado do Sul gera preocupação de moradores.

A advogada Paula Almeida foi nomeada diretora de Licenciamento Ambiental de Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2019 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados