Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Sbado, 19 de janeiro de 2019

07/01/2019 - 16h44min

Prefeituras precisam incentivar economia de água nas cidades

Compartilhar no Facebook

A água é um bem finito e a escassez desse recurso pode provocar grandes prejuízos para a humanidade nas próximas décadas. As alternativas para reduzir o consumo de água e ampliar seu reuso já fazem parte do cotidiano de muita gente ao redor do Planeta. Essas soluções vêm sendo aplicadas em residências, condomínios, prédios e shopping centers.

Para o engenheiro Luiz Pladevall, presidente da Associação Paulista de Empresas de Consultoria e Serviços em Saneamento e Meio Ambiente, nos próximos anos, essa tendência deverá crescer e as prefeituras precisam utilizar incentivos para garantir a aplicação de novas tecnologias que contribuam para a redução do consumo dos recursos hídricos. O especialista ressalta que experiências internacionais no enfrentamento da falta de água ajudam a balizar futuras ações. Para exemplificar, citou que o Estado da Califórnia, nos EUA, passou por uma grande seca e adotou mudanças profundas na gestão dos recursos hídricos. Diversas residências adotaram sistema segregado de água de reuso para sanitários, regar jardins e lavar carros, entre outras aplicações menos nobres.

No Brasil, muitas pessoas já adotam sistemas de captação de água da chuva para utilizar nos banheiros, regar jardins e lavar carros.

As prefeituras podem incentivar a implantação de sistemas de melhor aproveitamento da água oferecendo redução do IPTU para as construções com tecnologias sustentáveis. Por outro lado, podem aplicar multas para o desperdício, como lavar calçadas usando mangueira, por exemplo. Estas medidas devem ser vistas como forma de contribuir efetivamente para o melhor uso dos recursos hídricos.

Foto: Agência Brasil/Divulgação

Publicado em 05/1/2019.


Últimas Notícias

BM começa o ano com forte atuação em Guaíba e Barra do Ribeiro.

Fepam desiste de analisar a água das praias Alegria e Florida em Guaíba.

Prefeitura de Guaíba explica por que recusou recursos do Programa Criança Feliz. Confira na versão impressa.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2019 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados