Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Sexta-feira, 16 de novembro de 2018

10/09/2018 - 14h42min

Três mil pessoas usam tornozeleira no RS

Compartilhar no Facebook

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, a vigilância pela monitoração eletrônica está em expansão em todo o Estado. No dia 22 de agosto, foi atingida a marca de três mil tornozeleiras sendo usadas em solo gaúcho sob o radar da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). Mais da metade dos monitorados está na Região Metropolitana.

Segundo o chefe da Divisão de Monitoramento Eletrônico da Susepe, agente penitenciário Lucas Rohde Maurer, o monitoramento é a principal alternativa à falta de vagas no sistema prisional. “Permite uma progressiva ressocialização, de forma controlada, com vigilância 24 horas por dia. Nada passa despercebido”, afirmou.

Vários fatores reforçam a opção pelo uso de tornozeleiras. Um ponto importante é o baixo custo quando comparado a um estabelecimento penal tradicional, sendo estimado um investimento financeiro muito menor do que o necessário em uma prisão com grades.

Rigidez na Rotina

Os monitorados devem seguir à risca as condições de cumprimento das penas estabelecidas pelo Judiciário. Caso contrário, recebem sanções disciplinares, que culminam no retorno a regime mais grave.

O monitoramento eletrônico é bastante rígido em relação à obrigatoriedade de os apenados zelarem pela integridade da tornozeleira, bem como permanecerem dentro de suas “zonas de inclusão”, ou seja, os locais onde devem permanecer em determinados horários. Ao saírem de suas zonas ou violarem a integridade do dispositivo, é gerada imediatamente uma ocorrência no sistema, que será verificada pelos agentes dos institutos penais de monitoramento eletrônico nas diversas localidades do Rio Grande do Sul.

Dirigia bêbado na BR e tentou fugir na contramão

Um carro em zigue-zague na BR-290, em Eldorado do Sul, chamou a atenção de quem passava pela rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) agiu rápido e prendeu o condutor.

Na noite de terça, 4, a PRF recebeu diversas denúncias sobre um Renault Clio que transitava na BR-290, em direção ao Interior, causando risco ao trânsito pelas diversas manobras perigosas que realizava. Os agentes que estavam no policiamento da BR fizeram uma barreira para interceptar o veículo. Ao avistar a barreira policial, o motorista do veículo retornou e fugiu pela contramão, apesar do intenso fluxo. Ao perceber que não iria conseguir escapar da viatura que o seguia, o condutor abandonou o carro e seguiu a pé, sendo alcançado pelos policiais. Ele estava com visíveis sinais de embriaguez e se recusou a realizar o teste com etilômetro.

Após ser autuado pelas diversas infrações cometidas, o homem de 64 anos foi conduzido para a área judiciária, onde foi lavrado o flagrante por embriaguez ao volante, desobediência e direção perigosa. Ele já havia sido preso três vezes por embriaguez ao volante; é motorista profissional aposentado.



Assaltante de taxista em 2012 foi preso em Eldorado do Sul

Na tarde de quarta-feira, 5, agentes da Delegacia de Polícia de Eldorado do Sul, coordenados pelo delegado Rodrigo Fuchshuber Caldas, efetuaram o cumprimento de mandado de prisão definitiva contra um homem de 32 anos (o nome não foi divulgado).

De acordo com a Polícia, o mandado foi expedido pela Vara Criminal de Guaíba, devido à prática do crime de roubo (assalto) a motorista de táxi, ocorrido em 2012, em Guaíba, vindo o condenado a se refugiar em Eldorado do Sul.

Após os trâmites legais, o indivíduo foi encaminhado ao sistema prisional.

Pedrada no Carro e Queda no Arroio

Um homem de 39 anos dirigia seu carro, um Chevrolet Prisma branco, na Estrada Passo Fundo, Zona Sul de Guaíba, quando o veículo foi atingido por uma pedrada na lateral direita. O incidente aconteceu às 14 horas do dia 25 de agosto (sábado). Com o estrondo, o motorista se assustou e perdeu o controle, caindo da ponte do Arroio Passo Fundo, submergindo por completo.

O condutor conseguiu sair da água e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas o carro somente foi resgatado do Arroio no dia seguinte. Para a surpresa do proprietário, ao recuperar seu veículo, constatou que o estepe, a chave de rodas, o triângulo e o extintor de incêndio tinham desaparecido, conforme registro na Delegacia de Polícia de Guaíba.

Encontrado numa possa de sangue

A Brigada Militar foi acionada às 8h44 de segunda-feira, 3, para verificar a informação de que havia um homem caído em via pública na Rua João Arnaldo Gonzales, Bairro Santa Rita (Cohab). Ao chegarem no local, os PMs encontraram Marco Antônio Paim, 59 anos, caído de bruços numa possa de sangue, mas ainda com sinais vitais. O SAMU foi acionado e levou a vítima para atendimento no PA, mas o homem não resistiu e morreu.

Na ocorrência policial registrada na DP de Guaíba, familiares de Marco Antônio disseram que ele ingeria bebida alcoólica demasiadamente e não se alimentava direito. Não consta que tivesse inimigos. Com isso, o caso foi registrado como lesão corporal seguida de morte.



Ataque de Facão na Rua São José

Um homem de 40 anos registrou queixa na DP de Guaíba, afirmando que sofreu ataque de facão na tarde de sábado, 1º de setembro, por volta das 15 horas, na Rua São José, a principal via da Cidade.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), a vítima saía com seu carro, de onde estava estacionado, quando teve o veículo bloqueado por um outro carro. O motorista que teria trancado o trajeto passou a lhe ofender verbalmente, mas ele somente percebeu a gravidade quando o mesmo utilizou um facão, batendo no vidro do seu carro. Para se defender, o agredido contou na Delegacia que sofreu corte em três dedos, antes de deter o agressor, e teve de ser atendido no PA. No BO, consta que o acusado da agressão ainda não havia sido identificado.

O ato de violência chocou as pessoas que passavam pelo local, que é bastante movimentado devido à concentração de comércio no Centro de Guaíba.

Levaram o Revólver

Na noite de 31 de agosto, um homem de 63 anos estacionou seu carro em uma rua do Bairro Ouro Verde, em Eldorado do Sul, e quando retornou, por volta das 23 horas, percebeu que o veículo havia sido arrombado. Conforme registro na DP de Guaíba, de dentro do carro foi furtado um revólver Rossi, calibre 38, municiado, registrado pela BM.


Próximo do local do furto, há câmeras de monitoramento, cujas imagens poderão ajudar na investigação.

Foto: Divulgação

Publicado em 7/9/2018.


Últimas Notícias

Diretor da Celulose Riograndense, Mauricio Harger, se apresenta para empresários em Guaíba. Confira na versão impressa.

Por trás do medo. Confira a Coluna de Leandro André.

Festa na Beira, Centro de Guaíba. Comemoração das vitórias de Leite e Bolsonaro.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2018 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados