Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 20 de outubro de 2020

08/09/2020 - 17h27min

Leandro André

Compartilhar no Facebook

enviar email

Maranata e Claudinha Juntos

Uma reviravolta marcou a semana na política em Guaíba. A pré-candidata a prefeita pelo DEM, vereadora Claudinha Jardim, comunicou oficialmente que rompeu com a candidatura de seu pré-candidato a vice, Caio Larrea (PSL), tendo em vista que foi surpreendida com uma condenação do parceiro, na Justiça Eleitoral, por falta de prestação de contas, referente à campanha eleitoral de 2018. Em nota enviada à Gazeta, a vereadora justificou sua decisão, argumentando que, mesmo o Caio Larrea conseguindo “emitir suas certidões e realizar sua convenção, o ato do registro de candidatura à realidade futura está fragilizada”.


Diante da informação oficial, acionei a Tia Alaíde, que saiu a campo para saber o que está acontecendo nos bastidores. No final da tarde de quinta-feira, Tia Alaíde me telefonou para dizer que está praticamente fechada a dobradinha Marcelo Maranata (PDT) a prefeito e Claudinha Jardim (DEM) de vice, com apoio de partidos como Solidariedade, Avante, e PRTB, além de PDT e DEM.


Tem certeza? Perguntei, desconfiado, considerando que até então nenhum dos dois abria mão da cabeça de chapa. Tenho, respondeu, convicta, a minha tia. E ressaltou que este quadro só muda se algo muito estranho acontecer; muito. Detalhe: em se tratando de política, definição só acontece quando o juiz apita o fim do jogo.


Apesar do balaio de desconexão que a dobradinha carrega, a dupla esquenta a disputa eleitoral na Aldeia.


O Caio Larrea disse que mantém a sua candidatura a prefeito e criticou a atitude da vereadora nas redes socias, alegando jogada combinada e traição. Tentei conversar com o Caio, mas o número do telefone que tenho deu na caixa postal. Semana que vem, vamos tentar ouvir o Caio Larrea.



Acendeu a luz amarela

A possibilidade de coligação entre Maranata e Claudinha fez acender a luz amarela na coordenação de campanha do pré-candidato Sperotto (PTB) à reeleição. Quando ficarem sabendo da informação da Tia Alaíde por esta Coluna, acredito que vai acender a luz vermelha.


O PTB e os partidos da coligação que fazem parte do Governo Sperotto são fortes, têm pré-candidatos a vereador com café no bule eleitoral, mas, segundo a Tia Alaíde, o descontentamento com o distanciamento do prefeito em relação à base pode fazer com que muitos candidatos a vereador façam campanha solo, sem se envolverem com a majoritária.


Sperotto tem uma coisa urgente a fazer depois da reviravolta que se anuncia na corrida eleitoral: descer do pedestal, encarar a realidade com humildade e admitir que sozinho pode até acelerar, mas não vai longe. Tenho a impressão de que já escrevi alguma coisa parecida com isso aqui, mas o Sperotto não leu.



Narciso Chapa Pura

O Narciso da Funerária, do Patriota, admitiu essa semana, mesmo antes da convenção do seu partido, que vai de chapa pura disputar a Prefeitura de Guaíba com o Tenente Elbio (Binho) de vice. Perguntei ao Narciso se é isso mesmo: concorre sem coligações? Ele respondeu que sim, “chapa pura”. Disse que, no início, estava com a Vereadora Cláudia, mas se desapontou com a sua mudança de rumo e desistiu de compor com ela. O Narciso me disse, em tom solene, que a corrupção começa com as associações (coligações). Forte, essa!



PSOL, também

De acordo com informações que recebi do PSOL de Guaíba e que já divulguei aqui na coluna, o partido também vai de chapa pura, com a professora Líbia Aquino a prefeita.



Esperando as Convenções

Sobre a confirmação de outras pré-candidaturas que já divulguei aqui na Coluna, vamos esperar para ver o que acontece nas convenções, com prazo legal para serem realizadas até o dia 15 de setembro.


Frisson nos bastidores da Aldeia.

Greve no Transporte Coletivo

A partir de terça-feira, 8, os trabalhadores da empresa Expresso Assur entrarão em greve, conforme edital do sindicato da categoria publicado nesta edição da Gazeta. Com isso, deverá parar o transporte coletivo urbano em Guaíba.


De acordo com o presidente do Sindicato, Luiz Carlos Veiga Martins, o motivo da paralisação é devido aos atrasos e parcelamentos de salários.


É grande a crise no setor do transporte público no País.



Ano Letivo Artificial

Eu não sabia como definir o ano letivo das escolas públicas no Brasil em 2020, então decidi chamar de ano letivo artificial.


Os conteúdos estão sendo repassados da maneira possível, e para muitos estudantes não é possível, considerando a falta de acesso à Internet. Além disso, teve a surpresa: até entender a gravidade da situação e planejar uma alternativa, o tempo passou.


Então, entramos na fase do empurra-empurra: aqui no Estado, o governador Eduardo Leite anuncia um calendário bibelô e passa a bola para os prefeitos, que chutam a bola de volta. Os pais e responsáveis ficam no meio do bate-bola, atônitos, olhando para o bibelô, enquanto todos os dias a única certeza manifesta é que não existe certeza alguma em se tratando da pandemia.


Os jovens brasileiros precisam aprender a conviver com a verdade e, neste caso, a verdade é que o ano letivo é artificial.




Leandro André

[email protected]

Publicado em 04/9/20.

Últimas Notícias

Assassinato que matou professora e seu filho, no Bairro Bom Fim, choca a comunidade.

Professora Rosa Jardim, 67, e seu filho Leonardo, 28, foram mortos em casa, em Guaíba, na madrugada desta segunda, 5.

Região de Guaíba se mantém em bandeira laranja no mapa de distanciamento controlado do RS.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados