Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Sexta-feira, 03 de abril de 2020

21/02/2020 - 15h08min

Leandro André

Compartilhar no Facebook

enviar email

Multidão Sem Voto em Guaíba

Faltando menos de um mês para encerrar o prazo do recadastramento biométrico em Guaíba, cerca de 28 mil eleitores da Cidade ainda não realizaram a biometria, conforme matéria publicada nesta edição da Gazeta Centro-Sul (ao lado).

Quem não fizer o recadastramento até o dia 11 de março terá seu Título de Eleitor cancelado. Eu já publiquei uma estimativa aqui na Coluna, de que dos 74,49 mil eleitores da Aldeia cerca de 15 mil ficarão impedidos de votar nas eleições de outubro, com o título cancelado. E não será por falta de divulgação. Forte, essa!



Abacaxi derruba diretor

Segundo a Tia Alaíde, Heitor de Abreu Oliveira (MDB), diretor Municipal de Habitação de Guaíba, está sendo desligado do Governo Sperotto. O Setor de Fiscalização está incorporado à Diretoria de Habitação. De acordo com a Tia Alaíde, a agressividade dos fiscais com um vendedor de abacaxi, essa semana, no Centro da Cidade (ver matéria na página 2), teria sido a gota d’água para a demissão do diretor.



Vereador pede transparência

O vereador Manoel Eletricista (Cidadania) apresentou projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade do Poder Executivo Municipal de dar publicidade anualmente à aplicação das emendas parlamentares recebidas pelo município de Guaíba. O PL foi encaminhado à Comissão de Justiça e Redação.

Na sessão dessa semana, o Vereador Manoel também apresentou requerimento ressaltando que nada foi feito quanto ao emaranhado de fios em postes da Cidade. Conforme resposta do Executivo Municipal, a CEEE foi notificada em abril de 2019. O parlamentar quer saber se a Fiscalização de Tributos e Posturas tomou providências para o cumprimento da legislação que disciplina o compartilhamento dos postes.

Chutar carrinho de abacaxi é fácil, quero ver enfrentar a CEEE.

A Gazeta Centro-Sul vem batendo nesta tecla, mas o emaranhado de fios, as constantes faltas de luz e os postes podres continuam.



Mais um Anúncio de Empresa

Essa semana, foi anunciada a instalação de mais uma empresa no ex-terrenão da Ford, aquele entupido de pedras fundamentais. A área fica entre o CD da Toyota e o reservado para a Foton.

De acordo com a Prefeitura de Guaíba, a empresa Hemon, indústria de plástico e de ferramentas, está saindo de Porto Alegre para ampliar e diversificar a produção em Guaíba. Está sendo anunciado que a nova planta irá gerar 62 empregos diretos. Essa semana, a empresa recebeu, em Guaíba, a Licença de Instalação (LI), e na quinta-feira, 13, iniciou trabalho de sondagem do solo. Em março, deverá iniciar a terraplanagem. A promessa é de que a indústria comece a operar em agosto deste ano. Vamos aguardar.

A Dasppet, distribuidora de rações e produtos para pets, está com a obra quase pronta e deverá entrar em operação no mês de março.

A Sinaleira de Camaquã

Para mim, um dos símbolos de Camaquã é a sinaleira francesa, localizada na principal esquina da Cidade, isso quando um sujeito embriagado ou aloprado não a derruba.

Devido às batidas na sinaleira, um grupo defende sua colocação em uma praça. Sou contra sinaleira dentro de praça. Parece coisa de Pedro Bó. O lugar da sinaleira é na esquina, bem no meio do cruzamento, seu local original. O problema não é do equipamento, nem do local, o problema é de quem bate na sinaleira. Então, que se reforce a proteção. Se tirarem a sinaleira da esquina, a cidade vai perder parte de sua identidade.

Leitora enviou poesia sobre a sinaleira, que escreveu no ano passado. Confira na página 11.



Recomendo a Leitura

Já que estou recomendando leitura de conteúdo desta edição, vale conferir, também, o artigo da página 4 sobre esquerda e direita.

Boneca Tereza

“Boneca Tereza” é uma expressão que usávamos lá em casa, na minha infância, para nos referirmos a notícias velhas. Nessa sexta-feira, uma matéria na TV abordou sobre a abertura da maternidade em Guaíba. Boneca Tereza.

Lucros dos Bancos

Na semana passada, divulguei o lucro do Bradesco em 2019: R$ 25,88 bilhões. Essa semana, divulgo o lucro do Itaú no ano passado: R$ 28,363 bilhões. Se compararmos estes números com o do sistema produtivo, fica claro porque somos um País tão rico com população tão pobre. É de cair os butiás dos bolsos!

Leandro André

[email protected]

Publicado em 15/2/20.

Últimas Notícias

Registrado oficialmente o primeiro caso de Covid-19 em um morador de Guaíba, na tarde desta quinta-feira, 2.

Comércio não essencial de Guaíba começa a operar pelo sistema de tele-entrega nesta quarta-feira, 1º.

Vacinação em casa para idosos acamados. Agendamento deve ser feito por familiares no posto de saúde do bairro.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados