Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Terça-feira, 02 de junho de 2020

19/08/2019 - 14h28min

Leandro André

Compartilhar no Facebook

enviar email

Política Partidária e Ilusão

As pessoas que brigam por política partidária são as mais iludidas do tecido social; são patos de pescoço comprido como se dizia na minha juventude. Eu explico com exemplos aqui da Aldeia.

A maior liderança do DEM no Rio Grande do Sul é o Onyx Lorenzoni, atual chefe da Casa Civil do Governo Bolsonaro. O Onyx é amigo do prefeito de Guaíba, José Sperotto, são amigos de longa data. O Onyx ajuda Guaíba já faz tempo, com emendas parlamentares, tanto que já recebeu o título de Cidadão Guaibense, proposto pelo vereador Manoel Eletricista em 2014.

O Onyx é do DEM, o mesmo partido da vereadora Cláudia Jardim, que apesar de ter iniciado na base aliada do Governo Sperotto, indicando inclusive a secretária de Administração, se tornou uma das maiores críticas do atual Governo. Essa mudança se consolidou com mais intensidade no episódio do escândalo de 2018, com a Operação do MP, envolvendo secretários e vereadores, como todos sabem de traz pra frente. Acontece, que um dos secretários do Governo Sperotto afastado na Operação do MP, cujo drama segue sem conclusão, foi o da Fazenda, Leandro Jardim, que era justamente o presidente do DEM em Guaíba. E, apesar dos pesares, ainda tem filiados do DEM trabalhando como CC no Governo Sperotto.

Resumo da bufa: em Guaíba, o DEM é oposição e situação ao mesmo tempo. Isso acontece também com o PDT. Oficialmente, o PDT é oposição, principalmente na Câmara de Vereadores, mas há filiados do PDT que apoiam o Sperotto. E assim segue com outros partidos nanicos, conforme já divulguei aqui na Coluna.

Citei os exemplos acima para justificar minha tese antiga: as pessoas que brigam com amigos e parentes por causa de partidos e de políticos são iludidas; patos de pescoço comprido.

Mas não jogue a toalha. Siga lendo.

Esquerda e Direita

Já que falei de ilusão na política partidária, aí vai outra, a maior de todas. A esquerda e a direita são a mesma coisa, mesma. São correntes políticas lideradas por ditadores dissimulados, que fazem lavagem cerebral nas massas e aparelham o Estado para se manterem no poder, com privilégios para suas cúpulas. As estratégias são iguais.

A cúpula do PT foi flagrada no maior roubo de dinheiro público e de esperança da história. O Bolsonaro se elegeu por conta dessa revelação, além de prometer implantar a nova política. Só que não. O Bolsonaro não para de dizer e publicar bobagens diariamente e se revela o pai da velha política, indicando um filho com qualificação duvidosa para embaixador dos EUA e tentando esconder as falcatruas do outro filho na Assembleia Legislativa do RJ. Enquanto isso, os iludidos “mortadelas e coxinhas” seguem brigando feio nas festas de aniversário e nas redes sociais.

Acredito que o Brasil só vai avançar de verdade quando a maioria do povo trocar a briga por partidos e políticos desalmados pela boa briga das ideias e da honestidade. Se um dia isso acontecer por meio dos partidos, melhor. Mas será preciso zerar o formato atual.

Para trocar de briga é preciso descartar os dedos justiceiros e duvidar dos discursos perfeitos, principalmente nestes dias em que as falas são forjadas por algoritmos. Um bom começo é observar os exemplos e a coerência dos agentes políticos.

Dados do MEC

Em média, um professor de universidade federal recebe salário de R$ 20 mil para 8 horas-aula semanais. Um professor do Ensino Fundamental recebe R$ 2 mil para 20 horas semanais.

Corrupção Organizada

Impressionante como bandos da corrupção estão articulados para derrubar a Lava-jato. A mesma coisa aconteceu na Itália há alguns anos.

A corrupção é um veneno entranhado na sociedade e quando o andar de cima começa a ficar vulnerável, forças poderosas se unem nas sombras, conforme está acontecendo no Brasil.

A Delegada

A delegada Karoline Calegari, que recentemente assumiu a DP de Guaíba, é da mesma escola do delegado Rafael Pereira, um dos mais atuantes delegados que já passaram por Guaíba. Entre as prioridades anunciadas, está a elucidação de homicídios.

Em Guaíba, se mata guri como barata em via pública; banalizou. Logo vem o clichê: envolvimento com o tráfico de drogas. E aí? Elucidar homicídios contribui para inibir esta prática criminosa.

Carla Vargas no SINE

Conforme a Tia Alaíde anunciou em março deste ano, a Carla Vargas assumiu a agência do SINE de Guaíba. O Vereador Campeão segue com prestígio em alta no PTB e no Governo Estadual.

MDB segue com PTB

Caciques do MDB de Guaíba estão mobilizados para manter o casamento com o PTB na Aldeia, rumo às bodas de ouro. No dia 24, haverá eleição para eleger o Diretório Municipal. Segundo a Tia Alaíde, deverá se confirmar chapa única para a Executiva, com Rogério Souza na presidência, Maneca Stringhini e Chacrinha de vice.

Acidente em SC

Nessa sexta-feira, 16, recebi a informação de que o genro de Selito Carboni, secretário de Meio Ambiente de Guaíba, morreu num acidente de trânsito em SC. A filha do secretário e o neto estavam no carro, mas se salvaram e passam bem.



Leandro André

[email protected]

Publicado em 17/8/2019.

Últimas Notícias

Navio bate em pilar da Ponte do Guaíba. Içamentos estão suspensos, mas tráfego de veículos continua.

Unidades do Super Paulinho, interditadas na quarta, 20, pela Vigilância em Saúde, foram liberadas neste sábado, 23.

Registrada a primeira morte por Covid-19 de um morador de Guaíba na noite desta quinta-feira, 14.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados