Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Sexta-feira, 22 de setembro de 2017

18/09/2017 - 10h12min

Leandro André

Compartilhar no Facebook

enviar email

Histérica Promoção Gay

O tema de hoje pode não parecer, mas é político e polêmico; é preciso falar sobre ele, pois tem confusão na área. Então vamos lá.

Entendo que cada um tem o direito de escolher a sua opção sexual e ninguém tem nada a ver com isso. É tão óbvio que sequer deveriam existir debates a respeito disso, mas têm, e como têm. Já vi e ouvi muitas vezes a pergunta: – Você é a favor ou contra o casamento gay? Mas se não sou eu que vou casar, não sou eu que vou pagar o aluguel ou o rancho do casal gay, o que interessa se sou a favor ou contra?

Aqueles que debocham e agridem homossexuais e travestis são gays machos engavetados, sentem cosquinhas e não querem admitir, então tentam matar o próprio sentimento debochando e agredindo. Por que um CIS hétero bateria em um gay passando pela rua ou então o ofenderia com gritos? Não faz sentido.

Percebo que para combater a homofobia está acontecendo uma histérica promoção gay na sociedade. Há uma carga diária promovendo os direitos LGBT, tão forçada, tão intensa, que está provocando efeito contrário. Assim como a esquerda apodrecida pela corrupção promove a direita de Bolsonaro ao tentar se fazer de vítima injustiçada, a ofensiva LGBT histérica promove o preconceito.

Por que as crianças têm de receber cartilhas na escola promovendo a homossexualidade, sob o pretexto de que isso é preciso para ensinar-lhes a respeitar as diferenças? Respeito deve ser ensinado em casa e na escola, sem rótulos. Respeito é respeito, independente de gênero.

Sobre a exposição “Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira”, que aconteceu no Santander Cultural, em Porto Alegre, causando polêmica e fúria de extremistas (dos dois lados), entendo que sequer deveria ter acontecido com dinheiro público, por meio da Lei Rouanet. Na verdade, trata-se de um lixo apresentado como se fosse arte a favor da diversidade, no espaço de uma instituição financeira internacional, com incentivo fiscal. É de cair os butiás dos bolsos! E teve gente muito ofendida com o cancelamento da bagaça, associando a reação contrária a Adolf Hitler. Para os que entendem que “Criança Viada Travesti da Lambada” é arte, liberdade de expressão ou coisa parecida, que paguem a conta.

Respeitar os direitos LGBT é uma coisa, promover o movimento LGBT com histeria e lixo financiado com dinheiro público é outra bem diferente.

Os Injustiçados

Todos os que denunciam o ex-presidente Lula são mentirosos, e os que denunciam os inimigos do Lula são verdadeiros. Aqueles que denunciam o Lula e os adversários do Lula são meio mentirosos, meio verdadeiros.

O Lula não sabia de nenhuma falcatrua, pois tudo era controlado pela falecida Dona Marisa. O Palocci, amigo íntimo e mentor de Lula, virou um monstro frio e calculista, um dedo-duro sem vergonha.

Para o Tio Gilvan, o Lula é uma rica de uma pessoa, um homem traído, um injustiçado; inocente diplomado. Em relação ao Temer, é mesma coisa, no sentido inverso. Quem não sabe o que aconteceu no Brasil nos últimos dez anos não acredita que Lula e Temer são farinha do mesmo saco.

Mais uma denúncia contra o Temer e seus amigos. Sabem o que vai acontecer? Nada. O Congresso amigo vai engavetar de novo.

Sindicância da Saúde

Assim que assumiu a Secretaria Municipal da Saúde, o secretário Itamar Costa denunciou uma esculhambação no setor de distribuição de medicamentos da Prefeitura. Disse que não havia controle algum, que os registros tinham sido apagados, que apenas um CC era responsável por todo o setor, que caixas vazias foram encontradas nas prateleiras da Farmácia Municipal como se tivessem medicamentos dentro. Então, foi aberta uma sindicância para apurar os fatos, as denúncias do Secretário Itamar.

Eu venho solicitando cópia do resultado da tal sindicância ao secretário Itamar Costa, mas a cópia nunca chega. A população quer saber o que foi apurado, afinal de contas estamos falando de um tema de grande interesse público.

Diagnóstico da Criança e do Adolescente

Todos os municípios deveriam ter dados atualizados sobre as necessidades de atendimento das crianças e dos adolescentes. Para isso, é preciso que se faça um diagnóstico a fim de planejar ações.

Em Guaíba, o Comdica pede este diagnóstico desde 2012. Na audiência pública da LDO, foi ratificado o pedido. Vereadores e Governo prometem que agora vai. Vamos acompanhar.

Gazeta na Sala de Aula

Em 2005, a Gazeta Centro-Sul iniciou o programa Gazeta na Sala de Aula, com doação de exemplares do jornal para os professores e estudantes de Guaíba e Região trabalharem em sala de aula com as notícias locais.

O objetivo é incentivar a leitura e estimular a cidadania.

Leandro André

[email protected]

Publicado em 16/9/2017.

Últimas Notícias

Quarta, 20. Grande desfile de manhã. Festejos farroupilhas de Guaíba encerram com show de César Oliveira e Rogério Melo, 19h30 no Coelhão.

BM e Civil negam toque de recolher no Bairro Vila Nova em Guaíba. Confira na versão impressa deste sábado, 16.

Cerca de quatro mil pessoas assistiram o Musical Do Cipreste ao Piratini neste final de semana em Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2017 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados