Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Sexta-feira, 03 de abril de 2020

05/03/2020 - 15h55min

Editorial

Saúde da Família

Compartilhar no Facebook

Em tempos de epidemias de sarampo e coronavírus, entre outras doenças que avançam no Planeta, cabe ressaltar a importância do programa Estratégia de Saúde da Família (ESF), implementado em alguns municípios brasileiros. As unidades de atendimento prestam serviços para os moradores dos bairros, contribuindo com a qualidade de vida das comunidades de baixa renda.

As chamadas unidades de ESF trabalham com a prevenção e o tratamento de doenças. São estruturas que contam com equipes multiprofissionais, compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde, que atendem as famílias cadastradas.

O sistema atua diretamente na comunidade, com visitas domiciliares e consultas nos postos. O acompanhamento direto dos pacientes, com diagnósticos precoces e encaminhamentos para especialidades, permite a solução de muitos problemas de saúde, evitando o aprofundamento de doenças e aumentando sobremaneira as chances de cura. Com isso, a população tem um ganho importante, além de serem evitadas muitas internações hospitalares, bem como os transtornos das filas de espera e os custos elevados da chamada “ambulancioterapia”.

Em Guaíba, existem seis unidades de Estratégia de Saúde da Família: duas na Zona Sul; duas na Zona Oeste; uma no Bairro Pedras Brancas; e uma no Bairro Santa Rita, que atende também moradores da Vila IPE.

Os municípios que tratam da Saúde Pública, cuidando da prevenção de doenças e atuando diretamente nas comunidades, estão no caminho certo, pois contribuem efetivamente para melhorar a qualidade de vida da população. Cabe ressaltar o antigo e sábio ditado popular: é melhor prevenir do que remediar.

Publicado em 29/2/20.


Últimas Notícias

Registrado oficialmente o primeiro caso de Covid-19 em um morador de Guaíba, na tarde desta quinta-feira, 2.

Comércio não essencial de Guaíba começa a operar pelo sistema de tele-entrega nesta quarta-feira, 1º.

Vacinação em casa para idosos acamados. Agendamento deve ser feito por familiares no posto de saúde do bairro.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados