Gazeta Centro-Sul

Contato: (51) 3055.1764 e (51) 3055.1321  |  Redes Sociais:

Quinta-feira, 24 de setembro de 2020

06/02/2020 - 16h56min

Comportamento

Compartilhar no Facebook

enviar email

O Nosso Tempo

Teoricamente, de acordo com os físicos, no dia em que conseguirmos ultrapassar a velocidade da luz, viajando pelo universo, o tempo não mais existirá. Pelo menos para nós, os apressados viajantes. E como no filme “Planeta dos Macacos”, depois de várias décadas no espaço, retornaríamos com a fisionomia intacta, tal qual no dia em que partimos. Entretanto, para os terráqueos que por aqui ficaram, as implacáveis mudanças provocadas pelo passar dos anos teriam acontecido.

Imaginemos, pois, o retorno à Terra de um grupo de viajantes intergalácticos, nave com velocidade da luz ultrapassada, depois de uns cinquenta anos medidos pelos lentos calendários e relógios terrenos.

A jovem tripulação retornando com a mesma idade meio século depois. Ao desembarcarem, seriam recebidos pelos amigos e familiares - aqueles que ainda estivessem vivos. Em sua maioria, com mais de oitenta anos, cabelos grisalhos, andar lento, rugas e esquecimentos. E, o pior de tudo, sem reconhecerem aqueles tripulantes que há tanto tempo tinham ido para o espaço feito raios de luz.

De volta da breve viagem, constatariam que nada mais estava como antes, porque o mundo já seria outro, de jovens dos novos tempos. E talvez se vissem arrependidos pelo embarque, acreditando que deveriam ter ficado em terra, envelhecendo junto com seus afetos, acompanhando as mudanças que o andar da vida provoca, entendendo o significado do amor através dos tempos.

E se perguntariam, a toda instante, sobre o que fazer com o milagre da aparência conservada pela velocidade combinado com a solidão dos próprios corações.

Aceitemos, pois, o passar dos anos com as transformações que ele traz, envelhecendo com inteligência, mantendo corpo e mente saudáveis de acordo com as etapas da vida.

Teoricamente, o tempo deixará de existir quando viajarmos pelo espaço numa velocidade maior do que a da luz, o que ainda está longe de ser realidade. Mas se esse momento enfim chegar, que possamos levar os nossos afetos. Do contrário, não saberemos o que fazer diante de tamanha conquista.

Cristina André

[email protected]

Publicado em 01/2/20.

Últimas Notícias

Região de Guaíba se mantém em bandeira laranja no mapa de distanciamento controlado do RS.

Sete candidatos disputam a Prefeitura de Guaíba. Em Camaquã, são quatro candidatos. Ver edição impressa.

Sperotto (PTB) e Cleusa (MDB) mantêm união para tentar reeleição à Prefeitura de Guaíba.

Publicidade

Institucional | Links | Assine | Anuncie | Fale Conosco

Copyright © 2020 Gazeta Centro-Sul - Todos os direitos reservados